Bureau Contábil: inovação como a chave do sucesso

Nesse cenário de mudanças rápidas, é preciso estar seguro para não fazer bobagem

“Nesse cenário de mudanças rápidas, é preciso estar seguro para não fazer bobagem” – Rogério Fernandes

A Bureau Contábil Assessoria Empresarial está no mercado há 14 anos e é comandada por Rogério Fernandes, que, junto com seu filho Lucas e sua esposa Priscila, ambos contadores, compõem a equipe de 30 funcionário da empresa. É sediada na cidade de João Pessoa, no estado da Paraíba, e tem atuação predominante em todo o território paraibano, com a prestação de serviços de assessoria e consultoria Contábil, Fiscal, Pessoal e de Legalização às empresas privadas dos setores da indústria, comércio, serviços e construção civil.

Segundo Rogério, a Bureau, que hoje é referência no mercado, tem como objetivo possibilitar aos clientes maiores e melhores resultados e o maior legado da empresa é o fortalecimento da marca, que hoje atende uma carteira de quase 200 clientes.

Para o bom crescimento da empresa, os processos precisam ser bem definidos nos setores, porque possibilita um crescimento mais sustentável”, comenta.

Inovação como diferencial para o escritório contábil

Um dos diferenciais da empresa é o investimento em inovação. Segundo o contador, a diretoria costuma estar sempre atenta às transformações no mercado para aplicar novos métodos e se manter sempre em crescimento. Indo além dos papéis, a contabilidade também tem aplicado novas tecnologias como forma de atrair e manter um bom relacionamento com os clientes. Este é um processo contínuo de melhoria que, segundo o contador, vem desde 2003, quando a contabilidade foi fundada e ainda trabalhava só com processos manuais.

Os últimos anos balançaram (bastante!) a economia brasileira, e a empresa de Rogério também sentiu os impactos da crise, que claro, afetou o segmento contábil. Manter a empresa saudável exigiu esforços de todos quanto à redução de custos. Contudo, a Bureau continuou oferecendo serviços diferenciados, como, por exemplo, a prática facilitadora para o novo método de emissão da nota fiscal eletrônica do consumidor que, este ano, no estado da Paraíba, será obrigatório para todo varejo.

Neste caso, a Bureau investiu em capacitação para fazer o cadastro das notas fiscais e preparar as empresas.

“Estamos tendo bons resultados e mesmo com algumas perdas significativas ocorridas com a crise, foi possível aplicar novos métodos que possibilitaram novos contratos.”, comenta o empresário.

De acordo com o contador, a conjectura das mídias sociais também têm influenciado a fazer novos trabalhos, como vídeos e investimentos em redes sociais. Para a adaptação às novas tecnologias, a empresa investe no crescimento dos funcionários com cursos de capacitação.

“A busca constante da inovação e de novas metodologias foram consolidadas com o workshop. Nesse cenário de mudanças rápidas, é preciso estar seguro para não fazer bobagem”.

O objetivo da empresa é, em 2017, treinar e capacitar os colaboradores para o projeto de certificação da ISO.

Para ele, dois pontos foram fundamentais para impulsionar da empresa durante a crise: a valorização do cliente e a possibilidade de pensar além.

“A nossa preocupação é de fazer as coisas bem feitas aliadas à consolidação da marca”, comenta.

Workshop Contador 2.0 e a inovação do modelo de negócios

Segundo Rogério, o Workshop Contador 2.0 ajudou na consolidação das ideias na empresa. Segundo ele, o workshop os motivou a pensar em outros negócios para atender as necessidades dos clientes, além de manter um bom relacionamento agregando valor à marca.

“Foi de extrema importância vermos como podemos nos projetar hoje no mercado, não como uma forma fantasiosa, mas ir além das dificuldades e ganhos”, comenta.

O workshop atraiu a participação de diversas empresas contábeis, até mesmo concorrentes e de acordo com Rogério, é preciso conquistar a abertura e interação com os demais colegas do segmento. Além disso, para ter um forte diferencial é imprescindível sair das quatro paredes e investir no segmento na própria região ou fora dela.

Apesar do cenário econômico atual, Rogério tem esperança de crescer ainda mais com as novas aplicações.

O cenário da contabilidade mudou e requer capacitação e processos que permitem apresentar um trabalho qualificado e de valor”, conclui o empresário.

 

Qual sua opinião sobre isso?

Author: Roberto Dias Duarte

Business adviser for innovation in the global accounting firm market.

Share This Post On
EnglishEspañol