Você já parou para pensar em como estará o mundo em 2050?

Contador 2.0, você imagina o mundo do futuro? Reflita com a lista de Muhammad Yunus para o mundo de 2050 e entenda como suas atitudes de hoje podem facilitar o futuro do seu escritório contábil.

por Roberto Dias Duarte

Contador 2.0, você imagina o mundo do futuro? Reflita com a lista de Muhammad Yunus para o mundo de 2050 e entenda como suas atitudes de hoje podem facilitar o futuro do seu escritório contábil.
Contador 2.0, você imagina o mundo do futuro? Reflita com a lista de Muhammad Yunus para o mundo de 2050 e entenda como suas atitudes de hoje podem facilitar o futuro do seu escritório contábil.

Palestras, documentários, filmes e toda a forma de comunicação já abordaram temas como o futuro. O futuro é algo que fascina a humanidade. O desconhecido tem o poder de causar esse impacto. Mas, quantos realmente pensam em como o mundo estará daqui 20 ou 30 anos? Já imaginou as inovações, tecnologia, mudanças pelas quais o mundo passará até 2050?

O contador 2.0 que busca inovação na contabilidade aliada a uma liderança estratégica precisa parar e refletir. O futuro impactará diretamente na sua forma de desempenhar o seu trabalho e gerenciar o seu escritório contábil. Pensando nessa necessidade de refletir sobre o que está por vir, a  idealização de mundo em 2050 feita por Muhammad Yunus, já citado aqui no blog  por sua visão empreendedora ao criar o microcrédito, é mais do que inspiradora.

Para Muhammad, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2006, daqui a alguns anos, mais precisamente em 2050, o mundo estará bem diferente do que é hoje. As expectativas do professor são de que não haverá pessoas pobres, nem em situação de rua   em qualquer lugar do mundo.

O futuro com um mundo melhor

Muhammad cita que em sua idealização de mundo, todo país terá seu próprio museu da pobreza. Esse lugar que guardaria as mazelas de um antigo mundo  estaria localizado no último país a sair da pobreza. Não haverá passaportes nem vistos para qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo. Todas as pessoas serão verdadeiramente cidadãs globais de igual status.

Em seus pensamentos visionários, Muhammad enfatiza que não haverá guerra, nem preparativos de guerra nem nenhum estabelecimento militar para combater as guerras. Não haverá armas nucleares ou quaisquer outras armas de destruição em massa.

Quanto às doenças que ainda afligem o mundo, Muhammad declara que não existirão mais doenças incuráveis, do câncer à AIDS. A doença se tornará um fenômeno muito raro, sujeito a tratamento imediato e efetivo. A saúde de alta qualidade estará disponível para todos. A mortalidade infantil e a mortalidade materna serão coisas do passado.

A educação que ainda é tão desigual em todo o mundo, para Muhammad será completamente diferente: haverá um sistema de educação global acessível a todos de qualquer lugar do mundo. Todas as crianças terão direito a se divertir ao mesmo tempo em que crescem e aprendem.

Empreendedorismo no futuro

Muhammad Yunus, líder que possibilitou o empreendedorismo de muitos em Bangladesh, acredita que em 2050 o sistema econômico global incentivará indivíduos, empresas e instituições a compartilhar sua prosperidade e participar ativamente da prosperidade dos outros, tornando a desigualdade de renda uma questão irrelevante.

Para ele, o empreendedorismo será incentivado por instituições que facilitarão o caminho para os que querem empreender com consciência. Neste sentido, o contador 2.0 aliado a tecnologia, já atua de forma ativa, prestando consultoria de valor para seus clientes permanecerem em uma constante crescente.

O futuro dos bancos

O Grameem Bank, fundado por Muhammad Yunus, é um banco que trabalha com microcrédito, geralmente cedidos a artesãos ou pessoas que possuem baixa renda. Em 2050 o futuro dos bancos, para Muhammad, estará aliado à tecnologia.

Segundo Yunus, a alta tecnologia estará disponível para detectar e monitorar: todas as contas bancárias, transações de políticos, funcionários governamentais, empresários, agências de inteligência, organizações subterrâneas e grupos terroristas. Para ele, a tecnologia não permitirá que o sistema seja burlado.

Indo ao encontro dessa linha de raciocínio podemos analisar que o Fisco já vem utilizando a alta tecnologia para encontrar possíveis furos. O contador 2.0 deve se aliar à tecnologia, garantindo procedimentos corretos para o escritório e seus clientes. Desta forma não haverá risco de penalizações.

Estilo de vida sustentável

Muhammad inclui em sua lista de “O mundo ideal em 2050” o estilo de vida sustentável. Segundo sua ideologia, todas as pessoas estarão empenhadas em manter um estilo de vida sustentável com base em tecnologias apropriadas. O sol, a água e o vento serão as principais fontes de poder.

Os seres humanos poderão prever terremotos, ciclones, tsunamis e outros desastres naturais com precisão e tempo suficiente para minimizar danos e perda de vidas.

A liderança estratégica em 2050 não trabalhará mais para “apagar incêndios”. Ou seja, será capaz de resolver problemas que estão ocorrendo e evitar que eles aconteçam. O contador 2.0 precisa criar soluções que previnam a ocorrência de problemas.

Comunicação universal

Em 2050, a humanidade não precisará mais de papel e, portanto, não existirá mais a  necessidade de cortar árvores. Haverá papéis sintéticos reutilizáveis ​​biodegradáveis, nos casos em que o “papel” seja absolutamente necessário. A conectividade básica será sem fio e quase sem custo.

O  contador também terá seu próprio papel reinventado. A inovação na contabil idade não permitirá malotes de documentos impressos, arquivos físicos e escassez de tecnologia. O mundo está mudando, e o modo de exercer a função contábil passa pela mesma transformação.

Preservando identidade culturais

Muhammad cita em sua lista que todos irão ler e ouvir tudo na sua própria língua. Por meio da tecnologia uma pessoa poderá falar, ler e escrever em seu próprio idioma, enquanto o ouvinte ouvirá e escreverá no seu idioma nativo.

Todas as pessoas irão desfrutar de um ambiente de inovação contínua, reestruturação de instituições e revisão de conceitos e idéias. A inovação constante permitirá que diversas reestruturações aconteçam em todas as áreas, sempre visando a melhoria.

É dessa forma que o contador 2.0 que exerce a liderança estratégica enxerga a oportunidade de reestruturar processos dentro do escritório. Objetivar a otimização do desempenho do trabalho é construir o hoje com foco no amanhã.

Potencial humano ilimitado

Yunus acredita que a medida que avançarmos no futuro, será mais fácil aproximar-se dos nossos sonhos. Para ele, todos os povos vão compartilhar um mundo de paz, harmonia e amizade dedicado a expandir as fronteiras do potencial humano.

Pegando o gancho no pensamento de Muhammad é possível contextualizá-lo dentro do escritório contábil . O contador 2.0 zela para que a empresa do seu cliente alcance os objetivos, metas e crescimento desejado, pois entende a importância do seu trabalho dentro destas conquistas. O contador que consegue gerar valor para o cliente, possivelmente, será um parceiro para o futuro.

Transformando sonhos em realidade

Muhammad traz à tona uma realidade inquestionável, onde cada um de nós, ocupados com o trabalho cotidiano, esquece de olhar através das janelas de nossas vidas para descobrir onde estamos agora em nossa jornada e para refletir para onde queremos ir. Uma vez que sabemos onde queremos ir, chegar lá será muito mais fácil.

A dica de Yunus para aproximar os sonhos da realidade é elaborar uma lista de desejos próprios para refletir sobre o tipo de mundo que gostaríamos de ver quando nos aposentarmos. Feito a lista, devemos pendurá-la em um local visível, para lembrar diariamente se nos aproximamos do destino.

 

Qual sua opinião sobre isso?