O que são indicadores de produtividade e como calculá-los?

A produtividade nunca é um acidente. É sempre o resultado de um compromisso com a excelência, planejamento inteligente e esforço focado. Paul J. Meyer

Você sabia que empresas como o Google, a Netflix e a Apple são 40% mais produtivas do que suas concorrentes? Isso é o que aponta uma pesquisa da consultoria Bain & Company, publicada pela revista Fast Company. Mas afinal, como esse tipo de informação é levantada? A resposta é: por meio dos indicadores de produtividade

Essas ajudam sua empresa a entender e eficiência produtividade dos colaboradores e internos, identificando pontos de melhoria para garantir melhores resultados, gastando menos recursos possíveis. 

Neste artigo, vamos explicar melhor o que são esses indicadores, por que e como calcular a produtividade. Confira

Medir a produtividade: um grande desafio

A produtividade é um dos principais indicadores dentro de uma organização. Ela se refere à capacidade da empresa e de seus colaboradores de produzirem o máximo possível com a menor quantidade de tempo e recursos. 

Embora esse indicador seja de suma importância para o desempenho do negócio, mensurá-lo, muitas vezes, é um desafio para as empresas de contabilidade, já que é necessário considerar muitos fatores e acompanhar de perto metas e padrões de qualidade. 

Para auxiliar nessa tarefa, é importante entender o que são os indicadores de produtividade e contar com a ajuda do time de de pessoas, que está preparado para acompanhar os números de perto. 

O que são os indicadores de produtividade?

Os indicadores de produtividade são ferramentas que ajudam a empresa e o RH a medir o desempenho dos profissionais e a embasar a tomada de decisões da de pessoas por meio da análise de resultados. 

É por meio desses indicadores que o RH consegue entender o quanto cada colaborador produziu em determinado período de tempo e se é necessário investir em ferramentas que otimizem os e aumentem a capacidade de produção. 

Os indicadores também definem um parâmetro de qualidade, ajudando em análises de produtividade futuras de específicos, times e até mesmo colaboradores individualmente.  

Quais os principais indicadores de produtividade e como calculá-los?

Existem diversos exemplos de indicadores de produtividade que podem ser acompanhados para mensurar o desempenho da empresa. 

Além da própria métrica relacionada à produtividade dos colaboradores, outros indicadores também precisam ser monitorados, como a qualidade e a lucratividade. Isso porque, esses fatores estão diretamente ligados à capacidade de produção e aos resultados do negócio. 

A seguir, entenda melhor quais são essas e como você pode calculá-las para obter um relatório completo sobre a capacidade produtiva da organização. 

Produtividade

Muitos fatores impactam na produtividade da empresa, mas de modo geral, para calcular esse indicador é necessário entender a eficiência do negócio, ou seja, a capacidade de produzir mais com menos recursos. 

Dessa forma, é possível metrificar a produtividade calculando a capacidade produtiva do seu time ao longo dos meses, para entender se houve ganho ou perda. Isso vai ajudar o RH no de estratégias de melhoria de performance, além de indicar a necessidade de treinamentos e promoções. 

Imagine, em determinado exemplo, que o seu negócio fatura um total de 50 mil reais por mês, com 10 funcionários que trabalham 160 horas por mês. Dessa forma:

  • 10 x 160hs = 1600 horas por mês;
  • 50.000 / 1600 = R$31,25 por hora. 

Neste exemplo, a capacidade produtiva da empresa com os 10 colaboradores é R$31,25 por hora. Agora imagine que você investiu em capacitação dos profissionais e em ferramentas de otimização. Com essas melhorias, os mesmos 10 funcionários conseguiriam aumentar o faturamento para 60 mil no mês seguinte. Assim:

  • 10 x 160hs = 1600 horas por mês;
  • 60.000 / 1600 = R$37,50 por hora.

Nesse exemplo, vemos claramente que houve um aumento da produtividade de R$6,25 por hora em relação ao mês anterior. 

É válido ressaltar que essa é apenas uma das formas de calcular a produtividade da empresa. Existem outros modelos, como fórmulas que levam em conta os recursos utilizados, como no exemplo:

  • produtividade (%) = produtos ou serviços gerados pelo colaborador ÷ recursos utilizados para realizar o trabalho x 100.

Qualidade

Os indicadores de qualidade mensuram o resultado final do que foi produzido e se esse resultado está de acordo com os padrões estabelecidos pela empresa e com o que é esperado pelos clientes. 

Capacidade

Essas dizem respeito a quanto a organização consegue produzir com os recursos que tem e dentro do período estabelecido. Dessa forma, é possível entender a média de tempo necessária para cada processo. 

Lucratividade

Acompanhar esses indicadores permite entender o lucro líquido da empresa, ajudando você a ter uma ideia de quanto o negócio ganha em cima de cada projeto e se é vantajoso continuar os ou é necessário alterá-los. 

Esses indicadores mostram se as metas definidas pela empresa estão sendo, de fato, alcançadas. Para calcular o indicador, é importante avaliar os percentuais alcançados em um determinado período e rever estratégias, caso necessário. 

Os benefícios de medir e monitorar os indicadores de produtividade

Acompanhar os índices de produtividade no trabalho é uma forma de trazer mais exatidão à de pessoas, embasar a tomada de decisões e entender o desempenho individual e coletivo de seus colaboradores. Além disso, essas podem trazer outros benefícios como:

  • visão ampla de tudo o que acontece na empresa;
  • otimização de processos;
  • acesso a informações precisas;
  • tomada de decisões mais efetiva;
  • melhora na qualidade dos processos;
  • possibilidade de redução de custos operacionais;
  • melhora no acompanhamento das equipes;
  • orientação para definição de metas.

Os indicadores de produtividade também ajudam o RH a identificar os colaboradores com melhor desempenho e aqueles que precisam de um maior investimento em e desenvolvimento, direcionando as estratégias onde elas realmente trarão frutos. 

Como vimos, você pode acompanhar diversos tipos de indicadores de produtividade para entender a capacidade de produção da organização e o desempenho do negócio. Monitorar essas de perto é fundamental para direcionar seus investimentos de forma assertiva e embasar a tomada de decisão. 

Agora que você já conhece os benefícios dos indicadores de produtividade, que tal potencializar suas e baixar o E-book sobre gestão de equipe de vendas?