Como o jeito Disney de atendimento ao cliente pode ser referência para seu escritório contábil

Tendências da contabilidade: confira quais são as 3 regras básicas do jeito disney de atendimento ao cliente decoradas e praticadas nas empresas Disney!

Magia da Disney versus sua empresa contábil: você já pensou nessa relação? Confira quais são as 3 regras básicas do jeito disney de atendimento ao cliente decoradas e praticadas na “terra do Mickey”!

Contador 4i: a quarta onda nos negócios contábeis

Durante o 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade ficou evidente a disrupção no mercado contábil. Você também percebeu?

Durante o 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade ficou evidente a disrupção no mercado contábil. Você também percebeu?

Como vender soluções tecnológicas de valor e fugir da concorrência por preço?

Uma das objeções mais comuns enfrentadas pelos vendedores de soluções em TI é a falta de orçamento, ou então, o preço elevado da solução oferecida. Você também passa por alguma dessas situações?

Uma das objeções mais comuns enfrentadas pelos vendedores de soluções em TI é a falta de orçamento, ou então, o preço elevado da solução oferecida. Você também passa por alguma dessas situações?

8 dicas para convencer o decisor nas vendas consultivas de TI

Venda consultiva de software: confira dicas de quais informações destacar para convencer o comprador a decidir pela sua solução.

Em vendas consultivas de software, é necessário que o comprador entenda a real importância da sua solução para o setor. Entenda quais pontos devem ser destacados durante o processo de venda!

Como reconhecer os papeis no ciclo de vendas de soluções de TI?

Saiba quem é quem no ciclo de vendas e aumente sua taxa de conversão nas vendas consultivas de TI

Compreenda o papel designado a cada profissional no decorrer do ciclo de vendas e aumente suas chances de fechar negócio nas vendas consultivas de TI

Como pensa a nova geração do empreendedorismo contábil

Além de dominar a técnica da profissão, eles estão mergulhando em áreas essenciais a qualquer outra empresa, como gestão de marketing e estratégias de engajamento de Recursos Humanos.

Os novos empreendedores contábeis têm encarado as transformações do mercado com naturalidade e de maneira assertiva. Em geral, já compreenderam que apenas os conhecimentos técnicos não são mais o bastante para criar um negócio sustentável e bem-sucedido no ramo contábil. Por isso, além de dominar a técnica da profissão, eles estão mergulhando em áreas essenciais a qualquer outra empresa, como gestão de marketing e estratégias de engajamento de Recursos Humanos.

E você, o que pensa?

Como sair da eterna crise da competição por preço na área de tecnologia

Aos saudosistas, um recado: a fartura não voltará mais! E não é por culpa da crise brasileira. Este é um movimento global criado por causa do surgimento do Superconsumidor. Então, o que fazer? Como sair da famigerada disputa por preço? Ora, se o consumidor ganhou o título de super, a solução é fazer um upgrade no vendedor.

Aos saudosistas, um recado: a fartura não voltará mais! E não é por culpa da crise brasileira. Este é um movimento global criado por causa do surgimento do Superconsumidor.

Então, o que fazer? Como sair da famigerada disputa por preço? Ora, se o consumidor ganhou o título de super, a solução é fazer um upgrade no vendedor.

“Novo ICMS”: O AI-5 do comércio eletrônico

O Convênio ICMS 93/2015 funciona como um Ato Institucional nº 5 (AI-5) tributário.

As autoridades que compõem o Confaz, quando publicaram o Convênio ICMS 93/2015, optaram por não utilizar a Nota Eletrônica para gerar os dados do ICMS devido ao estado destinatário e incluir este valor no Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

Por que eles tomaram uma decisão diferente? Será que não pensaram nisto?

Contabilidade on-line é uma inovação disruptiva?

Seria mesmo uma inovação disruptiva ou apenas uma melhoria de processos no relacionamento com clientes?

A prestação de serviços contábeis utilizando exclusivamente canais eletrônicos é, atualmente, um dos temas mais polêmicos no meio contábil. Funciona? É legal? Fere a ética profissional? É mais eficiente? Seria mesmo uma inovação disruptiva ou apenas uma melhoria de processos no relacionamento com clientes?
Obviamente não pretendo analisar a legalidade deste tipo de serviço ou mesmo a qualidade de empresas específicas. Meu objetivo é entender as consequências deste movimento para o mercado.