“Novo” ICMS para o comércio eletrônico: incompetência ou má-fé?

O que é grave de fato é a burocracia criada pelo Convênio ICMS 93/2015, que regulamenta a aplicação da EC 87/2015

No estado civilizatório atual já passamos da fase de compreensão que os fins não justificam os meios. Mais ainda, após quase uma década de implantação da Nota Fiscal Eletrônica, não há justificativa técnica para tamanho retrocesso! A operacionalização da EC 87/2015 poderia ter sido inteligente o suficiente para gerar impacto zero ao comércio.

SPED, eSOCIAL, BLOCO K: NOVOS DESAFIOS PARA 2016

Tanto o eSocial quanto o Bloco K reforçam algo que há muito já deveria ter sido percebido: escritórios e departamentos contábeis não fazem mágica! Eles dependem das informações geradas por uma boa administração, e sempre com uma boa base tecnológica.

Analisar consequências do Sped somente pelo viés contábil e tributário é ingênuo e inócuo. Esta visão tem ainda uma consequência perversa para os profissionais destes setores, que assumem para si uma responsabilidade inerente à alta gestão da empresa.

Entrevista com Vitor Torres, fundador da Contabilizei

A Contabilizei atende apenas 10% do que um escritório tradicional de contabilidade pode atender. Nosso foco são as micro e pequenas empresas prestadoras de serviço, geralmente sem funcionários, onde o sócio faz todas as atividades. Resumindo, tem espaço para todo mundo." - Vitor Torres, fundador do Contabilizei

“Nós entendemos a posição dos profissionais de contabilidade, mas acreditamos que seja importante esse momento para reflexão e evolução do setor. Nós estamos trabalhando na disrupção do mercado e o nosso target é muito pequeno frente ao tamanho do mercado. (…) Resumindo, tem espaço para todo mundo.” – Vitor Torres, fundador do Contabilizei