6 erros que você não pode cometer na seleção da sua equipe

6 erros que você não pode cometer na seleção da sua equipe

A tarefa de montar uma equipe para atuar no seu escritório de pode parecer bastante desafiadora e de fato, essa é uma missão que exige muito empenho e atenção.

Alguns profissionais, por mais experientes que sejam, podem não se adequar às necessidades do seu escritório. Outros, até têm um perfil interessante para a sua empresa, mas não contam com algumas características técnicas que são importantes para sua equipe.

Por essas e outras, é essencial ser muito criterioso no momento da seleção do seu time para garantir um grupo de trabalho eficiente e acertado. Sabendo disso, preparamos esse artigo com 6 erros que você deve evitar na seleção da sua equipe. Acompanhe!

1. Contratar por afinidade

A seleção de profissionais por afinidade, definitivamente, não é uma boa alternativa se você deseja acertar nas suas escolhas. Nesses casos, é muito comum que a amizade e as afinidades sejam colocadas acima do profissionalismo e você deixe de contratar alguém com mais talento.

Por mais isento que você tente ser, o normal nesse caso é ser tendencioso e dar oportunidade àquela pessoa que você conhece e deseja ajudar, mas muitas vezes ela pode não ser a opção ideal para o seu escritório.

Além disso, uma seleção por afinidade pode causar desentendimentos futuros, já que muitas vezes, as relações pessoais se sobrepõem às profissionais e isso dificulta e muito as interações e a tomada de decisão.

Não deixe de considerar sempre que o do seu escritório de depende muito da atuação de profissionais habilitados e muito competentes e é natural que você não encontre esse tipo de profissional no seu convívio. Por esse motivo, existem tantas formas de seleção para encontrar grandes talentos onde quer que eles estejam.

2. Esquecer-se de olhar as referências

Muitas vezes, pela necessidade de realizar uma seleção rapidamente, muitos gestores se esquecem ou simplesmente abrem mão de buscar por boas referências de profissionais que queiram compor sua equipe.

Essa iniciativa é muito importante porque nem tudo é percebido por meio dos currículos ou uma boa apresentação cheia de desenvoltura e competência.

Para evitar equívocos na sua escolha, busque por referências em empresas por onde o interessado tenha passado, priorizando conhecer características profissionais principalmente no que diz respeito ao trabalho em equipe.

Alguns profissionais apresentam suas cartas de recomendação e isso já ajuda muito, mas se esse não for o caso, um simples telefonema ou uma troca de e-mail com antigos contratantes já podem ser bastante úteis para que você garanta uma contratação mais segura.

3. Deixar de fazer um mapeamento do perfil comportamental

O perfil comportamental do candidato é outro elemento muito importante na hora de selecionar os profissionais que farão parte da sua equipe. É por meio dessa análise que você será capaz de identificar as limitações, qualidades, características voltadas às relações interpessoais entre outros fatores de conhecimento indispensável sobre o profissional em questão.

As conclusões obtidas a partir desse mapeamento permitem que você trace um perfil do candidato e perceba se ele está de acordo com as necessidades do seu escritório e da sua equipe de trabalho.

Para facilitar todo o processo, você pode utilizar softwares específicos para de recrutamento e seleção capazes de mapear o perfil dos candidatos de uma forma muito mais eficiente e otimizada.

4. Deixar de definir o perfil do cargo

Antes de qualquer passo prático em direção à criação de sua equipe de trabalho, você precisa ter o perfil do cargo a ser ocupado bem definido. De outra forma, há um sério risco de contratar profissionais que não vão contribuir com as necessidades do seu escritório de contabilidade.

Questões como perfil profissional, tarefas a serem realizadas, conhecimentos técnicos necessários para o desenvolvimento da função, entre outros, devem estar bem definidas no seu plano de contratação.

Não se esqueça de definir também as características comportamentais que você considera importantes para os membros da sua equipe. Essa definição irá depender muito, entre outros fatores, das relações interpessoais decorrentes do tipo de trabalho exercido, quanto mais interação em equipe existir, mais essas características precisam ser consideradas.

5. Não utilizar ferramentas tecnológicas

Em todas as áreas do mercado profissional, a tem sido aliada de diversos e auxiliado principalmente os gestores na execução de seus trabalhos. Mesmo assim, muita gente ainda abre mão de utilizar ferramentas tecnológicas em suas organizações, o que leva a perda de tempo, de recursos e um atraso muito grande no quesito inovação.

Não deixe que esse seja o seu caso e invista em tecnologias que ajudam a automatizar os seus processos, inclusive aqueles voltados a seleção e recrutamento. As ferramentas disponíveis atualmente no mercado automatizam etapas do processo de recrutamento e dispensam muitos burocráticos, demorados e cansativos.

Além da facilidade por automatizar as tarefas, esses recursos apresentam vantagens estratégicas, uma vez que aplicam a inteligência artificial (IA) nos de recrutamento e seleção.

Você consegue de forma muito mais simples, rápida e eficaz realizar sua seleção e contratação e dessa forma, direcionar seus esforços para outras estratégias importantes para o funcionamento do seu escritório.

6. Não ter uma organizacional bem definida

Quando uma empresa não tem uma organizacional bem definida, é normal que ela não consiga contratar profissionais que contribuam para o seu desenvolvimento, já que não existe um padrão a ser alcançado.

Por essa razão, é importante que seu escritório tenha suas crenças, valores, missão e normas e consiga transmitir aos candidatos essa cultura, a fim de deixar bem claro o que sua empresa espera dos profissionais que ali trabalham. Desse modo, as possibilidades de atrair candidatos que compartilhem das mesmas ideias do seu negócio são muito maiores.

Ter uma organizacional bem definida é importante também porque imprime autoridade à sua organização e interfere na forma como ela é vista dentro do mercado, em outras palavras, contribui para a construção de sua identidade.

Se você deseja ter acesso a mais informações e conteúdos relevantes sobre estratégias de negócio para a sua empresa, acesse nosso canal do YouTube e se inscreva para acompanhar todos os nossos vídeos. Faça sua inscrição também no nosso Telegram.