6 melhores testes para aplicar em processo seletivo de escritório contábil

Saber não é o bastante. É preciso aplicar. Bruce Lee

Testes para aplicar em processo seletivo são ferramentas importantes para todos os tipos e tamanhos de negócio, inclusive para os escritórios contábeis. Afinal, a contratação de um colaborador exige atenção e o cumprimento de requisitos básicos. 

É claro que muitas informações sobre o candidato estão no currículo, porém é imprescindível conhecer outras habilidades e características mais sutis. Neste artigo, abordaremos sobre a importância dessa e uma seleção dos melhores testes para aplicar em processo seletivo de um escritório contábil. Continue a leitura! 

A importância dos testes para recrutamento e seleção

Formar um dream team é o objetivo de todo gestor. Isso porque, um grupo coeso, competente e com as habilidades técnicas e comportamentais adequadas à vaga e à organização potencializa a produtividade e os resultados do negócio. 

Além disso, ao acertar na contratação, as empresas conseguem enfrentar a temida rotatividade, diminuindo a taxa de turnover

É nesse contexto que os testes de recrutamento e seleção se somam à de contratação. Eles permitem aprofundar nas competências do profissional e avaliar habilidades específicas na prática, ajudando a empresa a conquistar mais assertividade na admissão de talentos.

6 testes para aplicar em entrevista no seu

Existem muitos tipos e formatos de testes de seleção de pessoal. No entanto, neste conteúdo, trouxemos uma seleção dos melhores testes que se alinham às necessidades dos escritórios contábeis. Confira!

1. Teste de Conhecimentos Específicos

São elaborados conforme o perfil da vaga e prevendo as atividades que o profissional deverá desenvolver. Em geral, o Teste de Conhecimentos Específicos apresenta questões de múltipla escolha ou discursivas, ambas direcionadas a um tipo de conhecimento apenas. 

Nesse sentido, é possível pedir conhecimentos em Excel, português instrumental, linguagem de programação, matemática financeira, entre outros. 

2. Teste AC (Atenção Concentrada)

Aplicado para mensurar a capacidade de concentração e foco do candidato em determinada atividade e durante certo período. 

O Teste AC apresenta triângulos estilizados distribuídos pela folha de resposta. O candidato deve localizar e marcar os três símbolos-modelo posicionados no interior de um retângulo, no alto da página. 

O recrutador pode aplicar esse teste individualmente ou em grupo. Ele é muito utilizado para avaliar candidatos a vagas de redator, telefonista, programador e outros profissionais de áreas que exijam concentração e foco.

3. Teste de Raciocínio Lógico

Utilizado para avaliar o desempenho do candidato diante da resolução de problemas, interpretação de textos, de ações e tomada de decisões com tempo reduzido. O Teste de Raciocínio Lógico é aplicado em seletivos para contratação de vigilantes e seguranças ou, ainda, em programas de estágio e trainees. 

Nesse tipo de avaliação para contratação, os conhecimentos matemáticos são bastante importantes. E o candidato com habilidade de pensar linearmente, interpretar enunciados e desenvolver questões com clareza e agilidade sairão bem-sucedidos. 

O Teste de Raciocínio Lógico também é aplicado em avaliações psicológicas de idosos ou para avaliar e mensurar o raciocínio lógico de motoristas. 

4. Teste de do Tempo

Outra avaliação bastante comum em seletivos é voltado à do tempo. O objetivo é descobrir se o profissional consegue dar conta das tarefas e trabalhar sob pressão. 

Mas o teste também é útil para compreender habilidades sociais e colaborativas do candidato. Nesse caso, ele é aplicado em dinâmicas de grupo com tempo pré-determinado. Aqui, duas competências podem ser comprovadas: do tempo e relacionamento com o grupo. 

Esse teste é utilizado em programas corporativos de grandes empresas. Desse modo, os candidatos a estágio ou programas de trainee recebem um desafio e precisam encontrar a solução para o problema interagindo em grupo. 

5. Teste de QI

Uma das avaliações mais aplicadas nas empresas, o Teste de Quociente de Inteligência (QI) tem foco na capacidade de raciocínio lógico dos candidatos. Desse modo, ele serve para mensurar o nível de inteligência do indivíduo. 

Na prática, cada candidato é exposto a provas e situações que devem ser resolvidas pela lógica e raciocínio. A classificação dos aprovados ocorre conforme o resultado do teste, representado por um número. 

O Teste de QI pode confirmar se o recrutador consegue suprir as necessidades do cargo. No entanto, para funções que exigem capacidade criativa e intuitiva, talvez o Teste de QI não seja o mais indicado. 

Logo, prefira utilizá-lo para preencher vagas que necessitem de profissionais com habilidades para cálculos e códigos. 

6. Mapeamento de Perfil Comportamental

Afinal, o comportamento pode ser o grande definidor do perfil ideal de profissional, já que a maior parte das demissões são motivadas por questões comportamentais. A aplicação de algumas metodologias, como a DISC, permitem identificar tipos de perfis e agrupá-los segundo as características que apresentam. 

Para mapear um candidato analisando o perfil comportamental, o recrutador aplica um questionário online capaz de classificar o indivíduo conforme suas habilidades (soft skills). 

O Profiler, desenvolvido pela Sólides, é uma ferramenta exclusiva para mapeamento comportamental. O software se baseia em 7 metodologias, incluindo a DISC, para identificar mais de 50 características do profissional em apenas 5 minutos.

O mapeamento do perfil comportamental é uma ferramenta poderosa porque permite às empresas identificar as competências relacionadas às atitudes das pessoas. Isso significa detectar aptidões subjetivas e compreender como o profissional reage diante de diferentes situações. 

Nesse sentido, a aplicação desse teste garante mais assertividade para as estratégias da empresa e isso impacta de forma positiva em todas as áreas do negócio. E o melhor: a de pessoas pode aplicar o mapeamento comportamental em qualquer subsistema do RH. 

Conclusão

Com a leitura desse artigo, concluímos que a escolha da pessoa certa para a vaga certa melhora os resultados de uma empresa, contribuindo para a retenção de talentos e a redução do turnover. 

Sendo assim, os testes de RH são essenciais para todas as empresas, seja pequena, média ou grande. Não apenas por avaliar o candidato, mas, principalmente, por identificar se ele tem os requisitos necessários para assumir determinada função e gerar bons resultados. 

Quer saber mais sobre as etapas do processo seletivo e como aperfeiçoá-las no seu negócio? Baixe agora o infográfico gratuito sobre o assunto!