A importância do planejamento estratégico para escritórios contábeis

Decisões fáceis qualquer pessoa toma. Camila Farani

Você conhece a importância do para escritórios contábeis? Sabe como isso pode acabar salvando a vida do seu empreendimento? Entender melhor como isso pode te ajudar, pode ser o grande diferencial da sua empresa.

Contar com um bom planejamento, para conseguir se livrar de possíveis problemas, é uma excelente maneira de fazer seu empreendimento enfrentar as turbulências do mercado sem muitas dificuldades. E para te ajudar nessa tarefa, vamos apresentar alguns dos dados colhidos pelo próprio Roberto Duarte em suas pesquisas.

Acompanhe!

Estrutura organizacional dos escritórios de

É impossível falar sobre a importância do sem analisar a estrutura dos escritórios de atualmente. Dependendo da organização utilizada, alguns gastos a mais precisam ser levados em consideração.

Basicamente, as empresas menores, que representam 80% do mercado de serviços de contabilidade, não contam com grandes times de funcionários compostos para algumas tarefas específicas .

Prova disso, é que apenas 46,8% contam com funcionários dedicados em tempo integral para área de recursos humanos, com esse número diminuindo para 8,9% na área do marketing. Até mesmo para a área de finanças esse valor é baixo, chegando a apenas 41%.

Já no caso dos grandes escritórios, é possível notar que 58,6% das empresas contam com funcionários dedicados para recursos humanos. Para o marketing, 25,3% dos escritórios grandes contam com profissionais da área em seus empreendimentos.

Para finanças, o número é consideravelmente maior do que os registrados pelos pequenos escritórios: 81,6% dos maiores desse mercado contam com funcionários voltados exclusivamente para essa área da empresa.

Isso mostra que as grandes empresas preferem contar com times fixos para se planejar do que ter que terceirizar questões básicas. No entanto, isso não significa dizer que a terceirização não seja uma ferramenta válida para os escritórios.

Terceirização é uma saída viável

Ao analisarmos os números de terceirização, vemos que os empreendimentos menores recorrem menos a esse recurso do que os maiores. Porém, isso, em muitos casos, acaba sendo gerado pela falta de recursos dos escritórios pequenos.

Confira os números registrados por grandes escritórios de quando falamos de funcionários terceirizados em seus setores:

  • 82,1% contratam funcionários terceirizados para a área de tecnologia da informação;
  • 26,2% contratam funcionários terceirizados para os recursos humanos;
  • 58,3% contratam funcionários terceirizados para o marketing;
  • 1,2% contratam funcionários terceirizados para a área de vendas.

A seguir, podemos verificar que as porcentagens entre os escritórios de pequeno porte são bem menores:

  • 75% contratam funcionários terceirizados para a área de tecnologia da informação;
  • 11% contratam funcionários terceirizados para os recursos humanos;
  • 35,6% contratam funcionários terceirizados para o marketing;
  • 2,4% contratam funcionários terceirizados para a área de vendas.

Com isso, podemos ver que os grandes escritórios contam com um grande número de funcionários terceirizados. Porém, como vimos, também conta com um time fixo na maioria das áreas mais críticas para uma empresa atualmente.

Ou seja, boa parte do seu sucesso está em montar um time dedicado, e fazer contratações pontuais para suprir demandas momentâneas. Dessa forma, eles conseguem se destacar no mercado enquanto angariam mais clientes para o escritório.

e dos escritórios de

Quando falamos de e de empresas do ramo da contabilidade, vemos um cenário onde o desejo de comprar é alto. Aproximadamente 42% dos empreendedores do ramo têm desejo de adquirir outro escritório de contabilidade.

Porém, a tendência não é a mesma quando falamos de vendas. Apenas 4% de todas as empresas de nossa pesquisa demonstraram interesse em realizar uma venda. O interesse é maior por parte dos grandes escritórios, onde 10% deles se interessem em participar de uma venda.

Voltando a falar das aquisições: entre as empresas que demonstraram interesse em adquirir outro escritório, podemos notar que os empreendimentos de grande parte estão mais dispostos a adquirirem totalmente outro concorrente. Esse percentual chega a 18%.

No mais, o ato de vender não parece ser um desejo dos empreendedores, principalmente quando analisamos sua vontade: a familiar no mundo dos negócios. A preocupação é grande entre os pequenos e os grandes empreendedores.

Basicamente, 25% dos empreendimentos menores se preocupam com essa questão, enquanto que o número aumenta para 36% quando falamos de grandes escritórios de contabilidade. As vendas, aparentemente, não estão nos planos dos contadores.

Prova disso é que apenas 2,1% dos empresários da demonstraram interesse em vender totalmente o próprio escritório. O desejo dos empreendedores está mais voltado para do que qualquer outro procedimento do tipo.

Prioridades no

Ao analisarmos o de escritórios de de todos os tamanhos, podemos notar que as prioridades são muito parecidas. Os planos de expansão, enquanto se aumenta a produtividade, são as maiores prioridades no momento.

Porém, entre as prioridades, a maior delas é a de captação de novos clientes, interesse de 79,3% do mercado, na média geral. O aumento de produtividade representa o interesse de 62,2% dos escritórios que fizeram parte da coleta de dados.

Além disso, foi possível notar que melhorar o ao cliente é um ponto que vem chamando mais atenção por parte dos empreendedores. Aproximadamente 55,8% r demonstraram essa preocupação, e pretendem mudar seus planos para isso.

No mais, outras questões ligadas à tecnologia também são do desejo de muitos empreendedores. A maioria deles busca por formas de otimizar seus serviços por meio das novas ferramentas que estão sendo disponibilizadas no mercado.

A importância do planejamento na

Como você deve ter notado no decorrer do texto, é importante entender as necessidades da sua empresa para conseguir progredir com seu planejamento. A importância do para escritórios contábeis é grande para conseguir atingir as metas do seu negócio.

Por isso, não cometa o erro que muitos estão cometendo ao deixar o de lado. É extremamente importante que se planejar faça parte da rotina do seu escritório. Essa missão não pode ser deixada para depois.

No mais, o primeiro, e mais importante passo, é dar início a essa nova tarefa. Sem dar o pontapé inicial, é impossível conseguir sair do lugar, e por isso, não deixe para depois uma postura que pode acabar salvando o seu empreendimento de uma possível falência.

Gostou do texto? Então não deixe de compartilha-lo com seus sócios e amigos.