Absenteísmo no trabalho: como controlá-lo nas empresas contábeis? 

Quanto mais a sério você levar seu crescimento, mais a sério seu pessoal o levará John Maxwell

O absenteísmo no trabalho tem relação direta com o clima organizacional. Trata-se de conceitos interligados, afinal, as faltas sucessivas prejudicam as relações interpessoais, o andamento dos projetos e o engajamento dos colaboradores.

O monitoramento de posturas e condutas no ambiente de trabalho ajudam a entender os motivos da ausência e propiciam o aumento da produtividade e o alcance de resultados nas empresas.

Pensando nisso, elaboramos este artigo para mostrar as possíveis causas do absenteísmo no trabalho e os benefícios de manter esse indicador sob controle nos escritórios contábeis.

O que é absenteísmo no trabalho?

O conceito de absenteísmo está relacionado à  ausência de um ou mais colaboradores na jornada laboral, seja por algumas horas, em consequência de atrasos ou saídas antecipadas, seja pela falta prolongada por dias ou semanas. 

Faltas ocasionais se tornam absenteísmo quando a ausência do trabalho vira um hábito que prejudica ambos, empresa e colaborador. Portanto, o RH deve estar atento para descobrir as causas por trás desse fenômeno. 

Qual a importância e as causas nos escritórios contábeis?

Se a organização não monitora ou não dá atenção necessária ao absenteísmo, ela percebe queda na produtividade e sobrecarga nas equipes. Esses são os primeiros sintomas, no entanto, há outras consequências. Veremos as possíveis causas do alto volume de ausências a seguir.

Relacionamentos tóxicos

Problemas de convivência, dificuldades em lidar com a diversidade de perfis e assédio moral são fatores que desencadeiam o absenteísmo. Outros pontos, como relações conflituosas, cobranças intangíveis e lideranças tóxicas afetam o clima organizacional, desmotivando, afastando e até adoecendo o colaborador. 

Ausência de match cultural 

seletivos malconduzidos podem gerar contratações equivocadas. Quando o profissional não consegue se adequar à organizacional, há risco das ausências se tornarem um hábito. Gradativamente, a relação empresa-empregado se torna insustentável. A partir desse ponto, ele começa a faltar para participar de outros recrutamentos. 

Jornadas exaustivas e excesso de trabalho

Caso a não consiga fazer uma eficiente, os atrasos e faltas se transformam em um problema para as equipes. A sobrecarga afeta os colaboradores, atrasando o andamento dos projetos. 

Saída para o mercado de trabalho

A busca por novas oportunidades é um direito legítimo do trabalhador. No entanto, quando essa afeta a pontualidade ou a regularidade, pode se tornar um problema. Antes de tudo, a de pessoas deve entender as razões para a de emprego e na sequência, definir como adequar horários que sejam bons para todos. 

Problemas gerais do colaborador

O absenteísmo pode ter como causa razões pessoais do funcionário, entre elas, problemas de saúde, estresse, depressão e falta de motivação. Todas devem ser consideradas e a de pessoas pode interferir para auxiliar. 

Por que é importante controlar o absenteísmo?

O fator decisivo para as empresas adotarem o controle de absenteísmo é evitar que ele se propague na organizacional, tornando-se um hábito. 

Nesse caso, as questões financeiras também são determinantes, pois o absenteísmo pode prejudicar a de tarefas em uma empresa contábil. Sendo assim, medidas para reduzir as taxas de ausência são altamente necessárias. 

Como diminuir o absenteísmo no trabalho?

Afinal, é possível reduzir o absenteísmo no trabalho com as ferramentas alternativas simples? É o que veremos a seguir. 

Mantenha um clima saudável

O ambiente de trabalho deve ser um espaço acolhedor, colaborativo e aberto às novas ideias. Do contrário, as equipes perdem a motivação. Um clima organizacional onde existe pressão por resultados, assédio e relações conturbadas precisa de tratamento especial. 

Preze pela comunicação interna

A comunicação organizacional não pode ser negligenciada e deve estar no foco da de pessoas. Evitar conversas de corredor e situações mal-entendidas é a primeira medida para combater excessos. 

Por outro lado, a falta de comunicação é sentida pelos colaboradores. Diminuir o absenteísmo é possível com a comunicação interna eficiente, incluindo os times nas decisões. 

Invista no bem-estar dos colaboradores

As lideranças devem capacitar seus profissionais e promover qualidade de vida no trabalho para mantê-los seguros e engajados. Investir no bem-estar de todos, sem distinção, oferecendo benefícios de saúde, premiações e recompensas contribui para diminuir o absenteísmo. 

Quais os benefícios para as empresas?

Após entender o que é absenteísmo no trabalho, a de pessoas deve fazer com que o controle faça parte da rotina. Entre as vantagens de monitorar esse índice, destacamos:

  • consequências na produtividade: quando se ausentam, os colaboradores deixam de cumprir suas demandas. Isso é prejudicial para as entregas de produtos e serviços. Absenteísmo controlado é sinônimo de produtividade em dia;
  • impactos financeiros: com a produtividade em baixa, o caixa do escritório de sente os efeitos. Aumentam os custos operacionais, principalmente em relação às horas extras, necessárias para compensar ausências. Sem contar no atraso das entregas, resultando em queda nos lucros;
  • repercussão no trabalho em equipe: cada colaborador faz parte de uma engrenagem que precisa funcionar para garantir resultados. Quando um deles se ausenta, a equipe se sente prejudicada, os prazos não são cumpridos e as entregas ficam comprometidas;
  • aumento do turnover: taxas de absenteísmo muito altas geram demissões. Com a rotatividade alta, os custos de contratação e são inevitáveis. 

Como mencionamos, o absenteísmo no trabalho não pode ser suprimido, já que ausências eventuais são inevitáveis. Assim, cabe à de pessoas analisar e descobrir as causas mais comuns para aplicar medidas adequadas e contornar o problema. 

Agora que você conhece as principais causas do absenteísmo no trabalho e a importância de controlá-lo, que tal saber tudo sobre o turnover de colaboradores?