Como fazer as pessoas serem lideradas por você?

Como fazer as pessoas serem lideradas por você?

Em geral, sabemos que o objetivo de qualquer empresa no mercado é conseguir um excelente destaque mercadológico. Ao se tratar de escritórios contábeis, não é diferente. A questão, no entanto, é que para que uma marca consiga se sobressair no mercado, ela precisa ser orientada por um excelente líder.

Sendo assim, precisamos nos atentar aos principais aspectos que devemos considerar em um líder, para que este consiga cativar todos os colaboradores, e assim, fazê-los ficarem dispostos a ser liderados. Quer saber como? Então, confira o nosso post até o final e saiba como conquistar pessoas através de sua liderança.

Afinal, o que é liderança?

Podemos definir que a liderança nada mais é do que uma habilidade, seja ela adquirida ou inata, de inspirar outras pessoas. A ideia, por trás da liderança, é influenciar de forma positiva as ações, comportamentos e decisões de colaboradores e equipes da empresa.

Sendo assim, entendemos que o termo liderança se refere a uma prática que tem acompanhado o ser humano desde a Antiguidade, sendo executada em ambientes empresariais que tendem a realizar atividades em prol de um único objetivo: a competitividade no mercado.

Dessa forma, entendemos que um excelente líder tende a conseguir seus objetivos de maneira estratégica e eficaz, porém, sem prejudicar o conforto, bem-estar e saúde mental de seus funcionários, parceiros, fornecedores e outros tipos de profissionais que trabalham ao redor dele.

De forma prática, o líder trata-se de alguém que tende a estar totalmente preparado para estar nesse tipo de posição, e dessa forma, procura sempre refazer o caminho de sua empresa, caso algum processo esteja fora de suas estratégias, podendo comprometer de forma negativa a sua marca, e além de tudo, prejudicar seus colaboradores.

Quais são os tipos de liderança atuais?

Quando falamos a respeito de liderança, em diversos momentos, as pessoas tendem a esquecer que não existe apenas uma forma de se apresentar como líder. Por esse motivo, percebemos que cada profissional nesse posto exerce diferentes tipos de liderança, e esse comportamento passou a ser analisado de forma científica, e atualmente já comprovado.

Ou seja, existem diferentes tipos de liderança — que tendem a variar de acordo com o perfil pessoal, especificidades técnicas, tipo de negócio, experiências de mercado e capacidade de empatia. Assim, quando os líderes tendem a melhorar seus pontos negativos e buscam desenvolver-se continuamente em seus postos, formam estilos de lideranças diferentes. Vamos conferir abaixo alguns deles.

1. Liderança democrática

Antes de tudo, o líder que atua de forma democrática tende a ser aquele que está sempre próximo de sua equipe, e logo, tende a ser alguém que está sempre acessível para atender qualquer demanda de qualquer colaborador ou equipe. Logo, entendemos que esse tipo de líder não está preocupado em ser o “dono da razão”, e muito menos acredita que sua verdade é absoluta e irrefutável.

Em geral, o líder democrático demonstra mais disposição para entender o que os colaboradores tendem a dizer a respeito de alguma atividade ou processo, e os oferece liberdade e proatividade para exercerem suas atividades de maneira independente. Logo, percebemos que para oferecer esse estilo de trabalho, é necessário possuir confiança mútua.

E um líder democrático busca confiança mútua entre seus colaboradores, e sempre busca mostrar uma visão menos hierarquizada do seu negócio. Ou seja, esse tipo de líder não costuma trabalhar sob os moldes tradicionais de verticalidade, e sim com horizontalidade entre os setores.

2. Liderança técnica

Popularmente conhecido como líder do tipo do operacional, trata-se de um tipo de líder que visa inspirar pessoas, assim como todos os tipos. Contudo, o líder técnico tem uma questão que o diferencia de todos os outros perfis: seu conhecimento técnico é extremamente aprofundado. Enquanto grande parte dos líderes agem conforme suas soft skills, o líder técnico tende a embasar-se em suas hard skills.

Sempre prático, o líder técnico está sempre buscando conhecimento para agregar às suas habilidades e competências, visando que o setor operacional seja extremamente volátil e tende a mudar de acordo com o comportamento do mercado, e com o desenvolvimento da tecnologia. Logo, está sempre preocupado em atualizar-se e trazer novas estratégias, ferramentas e sistemas para otimizar as atividades de sua operação.

3. Liderança carismática

Como bem sabemos, o carisma é uma característica de extrema importância para o ambiente organizacional. E logo, vindo de um líder, é melhor ainda. Ou seja, líderes que possuem carisma tendem a conquistar seus colaboradores de uma forma positiva, sem que precisem se esforçar para isso. Geralmente são líderes altamente conquistáveis e tendem a ser vistos como profissionais de referência, já que conseguem cativar a atenção de todos.

Como fazer as pessoas serem lideradas por você?

Agora que você já conhece o conceito de liderança e já sabe os principais tipos de perfis de líderes, está na hora de descobrirmos algo em comum a todos eles: a necessidade de fazer com que as pessoas sejam lideradas por eles. Para que isso seja possível, podemos nos atentar a algumas ações eficientes. Confira abaixo quais são elas:

1. Saiba priorizar

Quem trabalha em uma empresa contábil, já deve saber que as demandas de seus clientes não param. Muitas vezes, as demandas tendem a chegar em momentos inesperados, e muitas vezes, desafiadores. Por esse motivo, é crucial entender quais são as tarefas que precisam ser priorizadas, a fim de que não afetem outras atividades importantes, especialmente aquelas que afetam positiva ou negativamente as atividades prestadas aos clientes.

Para esse objetivo, a atuação do líder é crucial. Quando ele consegue delegar o que sua equipe precisa fazer, a fim de que as demandas fiquem mais orgânicas e fáceis e de serem concluídas, ele tende a ganhar mais admiração por parte dos colaboradores. Logo, entendemos que, quando alguém nos admira, essa pessoa tende a inspirar-se em você.

2. Seja um bom ouvinte

Conforme mencionamos ao longo desse post, um líder que tende a conquistar liderados, é aquele que sabe se por no lugar de cada um deles. Ou seja, estamos falando do desenvolvimento da empatia. Muito antes de um líder delegar uma função, é necessário que ele escute seu colaborador, a fim de entender se ele precisa de algo a mais para produzir de maneira eficiente, ou se sente-se incapaz de realizar a respectiva atividade.

Ouvir o seu colaborador, muitas vezes, está na questão de entender o seu comportamento, suas limitações, emoções, e assim, oferecer ações para que esse funcionário sinta-se confortável e livre em seu posto de trabalho.

3. Abandone a verticalidade

Quando falamos á respeito de verticalidade, estamos, na verdade, nos referindo a líderes e chefes que tendem a fomentar uma organizacional extremamente hierarquizada. Ou seja, na concepção deles, existem pessoas que devem devem ser subordinadas, sem qualquer oportunidade de oferecem opiniões próprias, ou de terem mais proatividade em suas atividades.

Um líder que deseja conquistar seus colaboradores, deve abandonar essa prática e fomentar uma organizacional baseada na horizontalidade. Ou seja, mesmo que existam superiores imediatos, todos possuem o mesmo objetivo: gerar resultados.

Nessa visão, o colaborador deve sentir-se livre para expressar suas ideias, contribuir com o crescimento de ideias por meio de excelentes insights, e até mesmo com a possibilidade de realizar outros tipos de atividades, além daqueles que lhe foram delegados. Quando um líder permite esse tipo de ambiente em uma empresa, ele tende a conquistar excelentes liderados.

Gostou desse artigo? Agora que você já sabe como fazer as pessoas serem lideradas por você, que tal ampliar o seu conhecimento sobre o assunto? Acesse agora mesmo o nosso blog e confira outras dicas exclusivas sobre o tema.

Classifique nosso post post