Como os consultores de investimentos podem colaborar com os contadores

Os contadores são indivíduos dinâmicos, interessantes, altamente inteligentes e trabalhadores. Alexa Loo

Em muitos países, em especial nos Estados Unidos, é muito comum a construção de parceiras entre consultores de investimentos e profissionais da contabilidade. Na prática esse modelo gera uma relação ganha-ganha-ganha. Ou seja, é importante para os contadores, os agentes de investimentos e seus clientes.

Um aspecto até meio óbvio deste relacionamento profissional é que ambos, contadores e consultores de investimentos, são grandes influenciadores de seus clientes. Não poderia ser diferente pois há uma relação de confiança extrema entre ambos e seus clientes. Este simples fato já seria suficiente para justificar a parceria como forma de captação de clientes de alto valor.

Além disso, a sinergia entre um consultor financeiro e o contador é um processo natural, pois ambas as funções envolvem o entendimento do fluxo de dinheiro, principalmente na preservação de ativos contra excesso de tributação.

Como seu cliente pode se beneficiar?

A legislação tributária brasileira é uma das mais complexas do mundo e um profissional contábil especializado pode ajudar um investidor a evitar pagar mais impostos do que o necessário para cumprir suas obrigações. O cliente pode se beneficiar dessa economia e usá-la para cumprir metas futuras, como a aposentadoria, aumento de patrimônio, educação dos filhos etc.

No Brasil o profissional da contabilidade pode ainda contar com tecnologias como a da Liontech para ganhar produtividade nas apurações tributárias e ainda atuar de forma mais consultiva com seus clientes.

Um investidor pode contratar um contador sem envolver um consultor financeiro e vice-versa. Mas as pessoas realmente se beneficiarão mais se houver orientação especializada em relação à sua situação financeira e nas principais decisões da vida. A legislação tributária está em constante mudança, e o contador muitas vezes pode trazer novos pontos de atenção aos investimentos de seus clientes.

Os consultores de investimentos, por sua vez, não conseguem oferecer conselhos tributários específicos, até mesmo as considerações gerais podem ter nuances relevantes com base em diferentes estados e até municípios.

Por exemplo, os proprietários de empresas podem avaliar a mudança de enderenço de suas empresas com base em leis tributárias estaduais mais atrativas. Um profissional da contabilidade pode ajudar as pessoas a navegar pelos vários tributos incidentes sobre renda, ganhos de capital, patrimônio etc.

Por outro lado, o planejador financeiro agrega valor significativo ao relacionamento com o cliente, trazendo um contador  qualificado  para a mesa quando seu cliente está considerando grandes mudanças em sua vida financeira.

Qual a importância da parceria com os consultores de investimentos?

Nos Estados Unidos, os profissionais da contabilidade (Certified Public Accountant – CPA) são rotineiramente procurados por consultores financeiros (Financial Advisor) para estabelecimento de parcerias onde o maior beneficiado é o cliente de ambos.

No Brasil há 524.744 profissionais da contabilidade e 81.893 organizações contábeis com registro no Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Porém há menos de 20 mil agentes autônomos de investimentos. Importante lembrar que essa atividade é regulamentada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

No início de 2022, a B3 informou que atingiu a marca de 5 milhões de contas de pessoas físicas abertas em corretoras no país, com um aumento de 1,5 milhão de investidores pessoa física no mercado de capitais, 56% na comparação com dezembro/20. O número total de pessoas físicas na B3 considerando renda fixa e renda variável, atingiu 13,1 milhões.

Os dados demonstram um crescimento relevante deste mercado. Contadores podem surfar nesta onda, em parceria com os agentes de investimento. Além de apoiar os atuais clientes, o contador pode captar novos ofertando serviços de alto valor consultivo.

 Os consultores financeiros experientes entendem que elevar essa aproximação do contador é uma excelente maneira de obter reciprocidade e indicações positivas. À medida que novos relacionamentos   são criados, o agente de investimentos pode convidar os profissionais da contabilidade a se destacarem no mercado por meio de oportunidades de palestras presenciais e online.

Assim sendo, esses eventos, baseados nos pontos de domínio do contador e em conjunto com a estratégia de reforço conjunto de marcas, podem criar sinergias positivas que beneficiam ambas as partes e aumentam a educação do cliente.

Como vou me beneficiar?

Um agente de investimentos pode se tornar um provedor de treinamentos para a educação continuada do profissional de contabilidade. Além disso, ele buscará se aproximar de entidades ligadas ao sistema Fenacon e Conselhos Regionais de Contabilidade.

Assim, ele poderá se tornar um palestrante regular para grupos locais de contadores, estabelecendo-se como um profissional de destaque. Também, ao oferecer capacitações, patrocínio de eventos, jantares, para que os profissionais da área contábil possam entender os benefícios desta parceria.

As interações pessoais regulares mantêm um consultor de investimentos no radar dos contadores, criando um incentivo para trocarem indicações de clientes.

Por fim, a colaboração bem-sucedida entre um consultor financeiro e o contador mostra que nutrir relacionamentos faz mais do que produzir resultados mutuamente benéficos. Também demonstra aos clientes seu profissionalismo, valor e confiabilidade.

E, para os contadores que estão dando os primeiros passos neste próspero mundo, minimize seus riscos e maximize os resultados. Para isso, procure um agente de investimentos  e busque uma tecnologia de suporte para as obrigações tributárias.

Publicado originalmente em: https://vainvestir.com.br/como-os-consultores-de-investimentos-podem-colaborar-com-os-contadores/