Confira 10 dicas para agregar valor ao cliente

Confira 10 dicas para agregar valor ao cliente

Agregar valor tornou-se um dos termos mais usados no . E certamente não é à toa. As empresas aos poucos têm percebido a importância de inovar e tornar a do cliente mais valiosa

Um , por exemplo, precisa se atualizar sempre para manter-se competitivo. Por isso, vamos abordar aqui algumas opções para o seu manter-se em dia com essa exigência do mercado.

O que é valor?

Bem, não é tarefa das simples definir valor, pois trata-se de uma conceituação subjetiva, a cargo de cada cliente.

Por exemplo, você certamente já ouviu falar do papel crescente assumido pela sustentabilidade.

Com os problemas naturais que o planeta vem enfrentando, uma parte cada vez mais expressiva da população pede soluções sustentáveis, visando diminuir o impacto ambiental.

Foi assim que ser sustentável se tornou uma forma incrível de agregar valor a qualquer negócio, pois é algo que os clientes normalmente querem e esperam.

Entregar o que o consumidor quer e espera se tornou essencial, porque é isso que o público demanda atualmente. Isso significa trazer uma diferente.

Apesar de parecerem sinônimos, o valor do serviço não remete ao preço que será pago pelo cliente, mas sim à relevância daquilo a ele entregue.

Extrapola em muito a questão dos boletos a pagar, pois decorre da forma como as pessoas enxergam o , sua credibilidade, reputação e diferenciais competitivos.

Quando um cliente entende o valor dos seus serviços, dificilmente reclama de honorários, uma vez que reconhece o real valor da que fez!

Portanto, não é o preço que define a escolha do cliente, mas sim a percepção de valor que ele tem da sua empresa. Este é um importante passo no processo de fidelização!

Mas como agregar valor? As 10 dicas a seguir certamente serão úteis:

1. Entenda as necessidades do cliente

Primeiramente, você deve descobrir o que os seus clientes querem e existem diversas formas de fazer isso. Entrevistas e pesquisas de mercado são boas opções, por exemplo.

E tenha em mente o seguinte: você será pago não pelos serviços e produtos que fornece ao cliente, mas sim em função dos problemas que o ajuda a resolver. Por esse motivo, você precisa direcionar os membros da sua equipe para pensar em como podem satisfazer as necessidades de seus clientes, sempre.

Depois de descobrir isso, você precisa separar as atividades geradoras de valor das demais.

Compreender e identificar o valor que sua empresa agrega aos seus clientes o ajudará a manter ótimas conexões com eles. Dessa forma, você também poderá aumentar os lucros de sua empresa.

2. Divulgue conteúdos relevantes

Se você está aqui é porque tem o hábito de buscar aprendizado, conhecimentos e novidades para sua empresa e seus clientes. Transforme isso em rotina.

Ou seja, você pode tanto criar uma lista de transmissão, que será enviada pelo WhatsApp ou Telegram corporativo (lembre-se de pedir autorização do seu cliente para isso!), quanto reunir notícias ou dicas relevantes enviadas periodicamente no formato de newsletter.

3. Inove pensando na do cliente

Este é outro ponto muito valorizado, hoje, pelo mundo corporativo, mas desde que seja tratado com o devido cuidado, sob pena de não trazer os benefícios esperados.  

Primeiramente, inovar é algo que traz benefícios claros.

Ou seja, inovar está ligado a fazer algo diferente, melhorar para trazer benefícios, praticidade, agilidade e, consequentemente, lucros maiores!

Fazer isso sem um motivo ou um plano bem definido geralmente traz mais problemas ainda para os .

É preciso também que a seja percebida pelo seu cliente de maneira positiva, por isso, é necessário pensar na e na experiência dele como um todo.

Para agregar valor é importante ainda focar em dados mostrando o que os clientes querem. Faça testes com soluções que podem ser úteis para ele e busque pesquisar suas reais necessidades.

4. Retorne ligações e mensagens

Uma simples resposta pode aproximar você de um cliente e, ainda, aumentar a probabilidade de fechar novos negócios com ele ou até mesmo prospects.

Portanto, organize-se para não deixar passar em branco nenhuma mensagem daqueles que estão procurando a sua empresa por algum motivo.

5. Dê e peça feedback

Faça avaliações constantes dos seus fornecedores e colaboradores. Isso ajudará no clima organizacional e permitirá corrigir falhas antes que elas se tornem grandes problemas.

E mais: peça feedback aos clientes. Dessa maneira, é possível saber o que ele pensa e, como consequência, você poderá melhorar ainda mais os serviços prestados.

6. Jamais se atrase nas reuniões

Seja com clientes ou fornecedores, evite ao máximo atrasar nos compromissos de sua empresa.  

Esse é o tipo de atitude que passa uma imagem negativa de sua empresa.

Portanto, programe-se e saia mais cedo para evitar que isso ocorra.

7. Cumpra os prazos

Prometeu que a mercadoria chegaria na segunda-feira? Então cumpra! Não fazer o acordado pode impactar em algo muito negativo para o seu negócio.

Caso tenha ocorrido algum imprevisto que não tenha sido possível solucionar, comunique o cliente e explique a situação. Assim, ele perceberá a seriedade da sua empresa.

8. Surpreenda positivamente

Nunca se contente em entregar o óbvio.

Busque sempre alternativas para estar em constante evolução, não apenas acompanhando o mercado, mas sim surpreendendo o seu contratante.

9.  Assuma os erros

Se algo der errado, não se esconda: em momentos assim, há quem finja estar tudo bem e toca as coisas como se nada tivesse acontecido.

Não entre nessa, pois os clientes valorizam — e muito — quando o fornecedor assume seu erro e o corrige.

Isso acaba transformando uma experiência negativa em algo positivo perante o cliente.

10. Aposte na

Hoje ter banda larga, usar uma ou mais nuvens e distribuir entre os colaboradores celular corporativo não é diferencial, mas sim pré-requisito

No caso dos , o emprego de se exprime de forma mais contundente na experiência proporcionada ao cliente em razão, por exemplo, do sistema utilizado para o envio e o recebimento de documentos e informações em real time

Já a ausência de falhas e a agilidade na elaboração de relatórios e apurações dificilmente o cliente tende a atribuir à de ponta utilizada pelo seu escritório, pois se o contratou foi pressupondo tratar-se de uma empresa up to date com o estado da arte em sua área de atuação.

Bem, ficou mais clara a diferença entre cumprir simplesmente a missão que se espera de sua empresa e ir além, sempre que possível?

Ótimo! Parabéns desde já pelos bons e duradouros negócios que deverá fechar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments