Criptomoedas: tudo que você precisa saber para não cair em golpes

Toda pessoa informada precisa saber sobre Bitcoin porque pode ser um dos desenvolvimentos mais importantes do mundo. Leon Luow

Satoshi Nakamoto definiu o Bitcoin Como: A Peer-to-Peer Electronic Cash System. O sistema de dinheiro eletrônico ponto a ponto, na tradução livre.

Sua semelhança para os pagamentos com dinheiro em espécie são: o ativo ao portador, transações sem intermediários, privacidade e pagamentos irreversíveis.

Então, por ter as mesmas características transacionais dos pagamentos em cash, o Bitcoin é considerado um dinheiro digital.

Agora no quesito segurança, o Bitcoin se destaca por ter a criptografia e as redes distribuídas (p2p), é por meio desses sistemas que é possível verificar a autenticidade das transações, sem revelar nenhuma informação sensível das partes que estão transacionando. 

Com as redes distribuídas essas transações ficam ainda mais robustas, pois podemos categorizar como uma rede a prova de censura e a p2p é um sistema virtualmente imparável, não há um servidor centralizado, dando ainda mais privacidade no momento das transações.

Com todas essas características positivas que o Bitcoin e as criptomoedas que utilizam a p2p e criptografia possuem, talvez você ache que não é possível cair em golpes. Mas infelizmente ocorre sim pessoas que caem em falsas promessas, por isso preparamos esse guia para que você conheça as melhores formas para não cair em golpes com o dinheiro digital. Acompanhe.

Conheça sobre o mundo das criptomoedas

O Bitcoin existe desde 2009, então, faz mais de uma década que o mundo já possui conhecimento sobre esse ativo financeiro. E conteúdos bons e didáticos na internet aparecem todos os dias, visto que o tema é bastante abrangente e sempre surgem novidades,

Portanto, para se proteger de possíveis tentativas de fraudes com criptomoedas o conhecimento é o seu melhor aliado. Leia livros sobre o assunto, estude por meio de cursos online que ajudam iniciantes a formarem uma opinião própria sobre os prós e contras de se investir em qualquer tipo de ativo.

Não acredite em ganho fácil

A oferta de ganho fácil faz com que muitas pessoas sejam seduzidas com ofertas de que irá aplicar pouco dinheiro com retorno rápido e isso acaba sendo uma isca para quem precisa, principalmente em tempos de crises mundiais como a que vivemos.

Porém, na maioria das vezes isso é uma armadilha seja se tratando de um esquema de pirâmide financeira ou um estelionato que é considerado crime.

Se tratando de lucro, apenas o investimento na moeda digital Bitcoin para quem investiu em 2011 viu sua renda saltar em números expressivos devido à valorização do ativo. No entanto, sua desvalorização pode ser tão rápida quanto foi seu ganho por seus portadores.

Então, para ganhar dinheiro com Bitcoin de forma segura existem essas formas:

  1. Comprar e guardar esperando valorizações no longo prazo;
  2. Trade quando se ganha na diferença da compra e venda
  3. Staking, quando você bloqueia sua criptos no pool de uma blockchain para ajudar na validação das transações e como recompensa você recebe criptomoedas. É uma forma parecida com os juros que o banco paga se deixar o dinheiro rendendo em uma conta. As moedas que permitem fazer o staking é o: Cardano, Ethereum, solana e polkadot
  4. Receber pagamento em criptomoedas por seus serviços ou produtos.

Atenção às tentativas de phishing

Golpes cibernéticos com e-mails falsos que utilizam remetentes de instituições conhecidas chegou ao mundo das criptos.

Esses e-mails normalmente incluem no início do endereço o nome de uma empresa conhecida, mas na verdade é um golpe. Os criminosos são convincentes no primeiro momento, oferecendo segurança ou suporte técnico, mas, na verdade, vão copiar seus dados e podem, também, transferir as criptomoedas. Só confie em assistência que você tenha demandado.

Conheça as corretoras 

blockchain é o livro digital, uma espécie de livro contábil onde estão registradas todas as transações. O usuário possuí uma carteira digital da qual é guardada uma senha, porém nessa carteira não estão as bitcoins. As criptomoedas ficam armazenadas no Blockchain.

Porém, com essa senha da carteira digital você consegue assinar uma transação e transferir para outra conta.

Portanto, as corretoras possuem um papel importante na segurança das transações, é muito importante guardar as senhas das carteiras com muito cuidado, e mais importante ainda e conhecer como a corretora trabalha.

Em 2014 a corretora MTGOX pediu falência, após deixar um rombo para seus usuários de 850 mil bitcoins que na época girava em torno de meio bilhão de dólares americanos. Tudo pelo fato de sua de segurança ser vulnerável a hackers. Então confie apenas em corretoras já estabelecidas. 

Analise a liquidez da plataforma de investimento

Liquidez, é o grau em que um ativo pode ser comprado ou vendido com rapidez, sem afetar sua estabilidade. A liquidez é fundamental no mercado financeiro.

Nos cripto-ativos a liquidez é menor, devido a ter um volume menor de investimentos por parte das pessoas. Por isso é importante verificar se a plataforma na qual você vai usar para comprar os bitcoins na Blockchain tem um nível considerado de usuários comprando e vendendo. Fique atento a esse detalhe.

Invista em criptomoedas com fundos de investimento

É possível alocar investimentos em criptomoedas com fundos de investimentos. É uma alternativa que possui segurança institucional. Pelo fato dos criptoativos não serem regulamentados no Brasil.

Por conta disso, a compra direta de criptomoedas está mais exposta a golpes e outros problemas. Mas, os fundos são regulamentados e fiscalizados — aumentando a segurança do aporte. Para se expor a eles, basta adquirir cotas de fundos de investimentos de criptomoedas ou de ETFs (fundos de índice) focados nesse mercado.

Entender como investir com criptomoedas é importante para aqueles que acreditam no potencial que esse mercado apresenta. No entanto, antes de adotar uma estratégia, não deixe de analisar se os riscos estão alinhados com os seus objetivos. E consulte sempre um especialista para lhe passar ainda mais segurança.

Conclusão

Como você leu nesse artigo, existem diferentes formas de se prevenir de golpes ao expor seu patrimônio com as criptomoedas. Assim sendo, antes de investir, não deixe de estudar cada uma delas e de considerar o seu perfil de investidor e os seus objetivos.

Por assim é possível tomar decisões de investimento pautadas em suas expectativas e necessidades, além de respeitar a sua tolerância ao risco.

Depois de entender como funcionam os ativos digitais, é possível tomar decisões mais seguras ao assumir o risco de investir nas criptomoedas. Lembre-se também de que todo investimento, especialmente de renda variável, apresenta riscos que devem ser observados para garantir a melhor escolha.