Entenda quais são os principais objetivos de uma fusão ou aquisição de empresas

Como estão as coisas com o Marcelo? Precisa de ajuda em algo?

Nos últimos anos foi possível perceber um crescimento das e dos escritórios de , isso por que, esses de união de firmas é visos como uma forma de garantir o crescimento do negócio sem precisar elaborar estruturas e treinar colaboradores a partir do zero. Além do crescimento, os objetivos da ou podem ser os mais variados.

A ou a são estratégias de negócios aplicadas por muitos escritórios que buscam crescer e se desenvolver dentro do seu mercado de uma maneira mais rápida. Dessa forma, eles podem optar por se unir com outra empresa de ou comprar um escritório concorrente.

Entretanto, os objetivos da ou vão além do ganho financeiro. As empresas envolvidas nessas transações podem aumentar o seu alcance ou adquirir um novo conjunto de talentos para o escritório.

É comum encontrar os termos fusão e aquisição sendo colocado juntos, principalmente, quando é feito uma referência ao processo de junção de duas ou mais empresas. Porém, esses termos não indicam a mesma coisa, eles referem-se a dois distintos.

Fusão

Entendesse por fusão o processo em que dois ou mais escritórios de se unem para a formação de um novo escritório. A ideia é unir os recursos das empresas e criar outra que some as qualidades dos escritórios formadores.

Nesse sentido, os proprietários dos escritórios que se uniram serão os proprietários do novo empreendimento contábil. Apesar de agir no mesmo mercado e manter a carta de clientes, a nova empresa possuirá outro nome, logomarca e estrutura.

Referente a fusão ou aquisição dos , é menos comum encontrar empresas que optaram pelo processo de fusão. Entretanto, essa é uma excelente opção para os proprietários que ainda vislumbram alguns anos em atividade.

Não existe uma regra específica, mas se o proprietário do pretende continuar trabalhando além dos próximos cinco anos, a fusão permite que ele continue suas atividades sem deixar de comandar o seu próprio escritório.

Aquisição

Além do processo de fusão, os escritórios de contabilidade podem se unir através do processo de aquisição. Enquanto a fusão assume um caráter de parceria entre empresas diferentes, a aquisição é uma compra, na qual a empresa adquirente assume o escritório adquirido, geralmente, fechando-o e absorvendo sua estrutura, equipamentos e funcionários.

Além disso, o escritório adquirente passa a ser responsável por todas as obrigações da empresa adquirida. Da mesma forma, ele também fica a cargo de todos os direitos pertencentes a instituição comprada.

Por ser uma saída que acaba levando ao encerramento das atividades da empresa comprada, a aquisição fica sendo uma boa opção para os donos de que já estão próximos da sua aposentadoria.

Novamente, não existe uma regra específica, mas se o do proprietário do é se aposentar dentro de cinco anos, vender o seu negócio é uma boa opção. Dessa forma, o dono do escritório não precisa se preocupar em direcionar os seus clientes para outros profissionais e nem com a carga financeira da demissão de seus funcionários.

Objetivos da Fusão ou Aquisição

Vários são os objetivos da fusão ou aquisição de , entre os mais comuns pode-se destacar:

— Novos Talentos: encontrar profissionais talentosos no ramo contábil não é fácil. Nesse sentido, escritórios buscam com a fusão ou aquisição adquirir novos talentos para o seu quadro de colaboradores.

Além de melhorar o nível dos profissionais, um outro objetivo pode ser a formações de uma equipe de interna no escritório. Assim, os novos talentos são inseridos na da empresa bem antes de assumirem cargos mais altos de gerenciamento.

A obtenção de novos talentos cria, na nova empresa, oportunidades de crescimento. Isso porque, a reestruturação do escritório acaba levando a abertura de vagas a serem preenchidas. Além disso, a pode influenciar os colaboradores e levar a um aumento da produtividade da equipe.

— Serviços Especializados: outro dos objetivos da fusão ou aquisição é melhorar a capacidade do escritório de atender seus clientes que precisam de serviços especializados.

Construir a estrutura de conhecimento e de profissionais capacitados para essa tarefa leva tempo e requer boa quantidade de recursos. Nesse sentido, se fundir ou adquirir outro que já tenha essa expertise acelera o processo.

Dessa forma, podemos dizer que as empresas envolvidas nessa negociação saem ganhando. Uma vai aumentar a gama de serviços ofertados, a outra vai conseguir te acesso a uma base maior de clientes.

Sendo assim, o novo escritório formado a partir da fusão ou aquisição conta com novas oportunidades de crescimento no mercado.

— Expansão Geográfica: com a modernização dos recursos tecnológicos, hoje é mais simples e seguro para uma empresa de contabilidade manter escritórios em diferentes cidades do mundo. Sendo assim, um dos objetivos da fusão ou aquisição é a expansão geográfica.

Além de aumentar o poder de influência de uma empresa de contabilidade, possuir escritórios em algumas das cidades com maior importância econômica do mundo é sinal de prestígio.

Nesse sentido, os escritórios de contabilidade estão procurando nas e de empresas em outras cidades uma forma de aumentar a sua gama de clientes e de melhorar a sua imagem em comparação a de seus concorrentes.

É interessante que as empresas locais adquiridas para esse fim acabam assumindo uma posição mais vantajosa nesse processo. Isso porque, elas serão as responsáveis por pavimentar a entrada da nova empresa no mercado local.

Sendo assim, o acordo feito entre as empresas contábeis, geralmente, envolve uma garantia de remuneração condicional por determinado período de tempo (não mais do que dois anos). Em contrapartida, a outra empresa se compromete em manter o tempo dedicado ao trabalho e as receitas com os clientes de acordo com os níveis históricos anteriores a negociação.