Fusões de empresas de contabilidade: saiba quais os direitos e deveres de cada parte

Apostar em um novo modelo de negócios parece um desafio e tanto. Mas é uma realidade em muitos empreendimentos visionários. Saiba nesse artigo como acontecem as fusões nos escritórios contábeis.

Um dos caminhos mais eficientes para a expansão de um escritório de contabilidade é através do processo de fusão. E esse processo de permite que o escritório possa oferecer serviços de maior qualidade, como um atendimento diferenciado por especialistas ou técnicos capazes de solucionar as questões de seus clientes.

Nesse artigo você acompanha como é possível um escritório de contabilidade expandir sem comprometer o conceito de sua empresa.

Empresas contábeis e o processo de

Muitos escritórios de contabilidade enfrentam desafios nas suas rotinas de trabalho. Enquanto alguns preferem trabalhar com assuntos fiscais, outros aderem ao serviço na área contábil. Há empresas que são excelentes nas relações que envolvem o Simples Nacional ou optam para atender aquelas de Lucro Real.

Com a de um escritório contábil, essas funções se tornam otimizadas e a empresa ganha em conceito e autoridade ao ampliar a sua forma de fazer negócio. Assim, fica muito mais fácil atender aos clientes que estão cada vez mais exigentes, tanto em perspectivas quanto por expectativas.

Fusão: O que é?

A acontece quando duas empresas possuem um interesse em comum, que é o de otimizar os seus serviços e organizar uma estrutura de negócios mais firme e estabilizada no mercado competitivo.

Ao ocorrer a fusão, ambas as empresas deixam de existir de forma legítima, ficando responsável pela gestão desta nova organização, os gestores que atuavam nas organizações antigas. Isso significa que a empresa não é encerrada por falência. Ambas se unem para se fortalecer a partir de estratégias mais inteligentes e efetivas.

Essa pode acontecer de formas diferentes e correspondendo a necessidade de cada negócio. A seguir vamos tratar sobre as diferentes formas de fusão:

Total: como acontece?
A total corresponde ao fortalecimento de todas as operações das empresas. Isso significa que uma nova identidade é criada para a empresa, onde ela se apresenta com maior presença e autoridade no seu segmento.

Parcial e suas características
Nesse caso, as empresas não sentem a necessidade de criar uma nova identidade para uma nova organização. Tem como característica uma atividade integrada, compartilhando um objetivo em comum, que é o de diminuir custos sem perder em rendimentos.

Não é necessário que a aconteça somente entre duas empresas. Caso seja favorável para o negócio, mais de duas empresas podem se unir a essa nova forma organizacional.

Outras formas de


A horizontal é uma outra alternativa para as empresas que desejam se fortalecer no mercado. Nessa modalidade, a acontece entre empresas que são do mesmo setor e que estão atuando como concorrentes.

No momento em que a acontece, elas passam a compartilhar do mesmo objetivo e atuar de forma a otimizar as suas atividades no ramo. É assim que elas conseguem se expandir com melhor posicionamento e visibilidade no mercado.

Já na vertical, as empresas que se unem são de segmentos distintos, mas as atividades de uma são o complemento da outra. Isso permite que elas aumentem a sua oferta com recursos adequados para um atendimento técnico e especializado mais eficiente.

Vantagens da entre empresas

Dentre as vantagens de uma entre empresas, a de melhoria do desempenho financeiro da empresa e a otimização dos recursos para um atendimento de maior qualidade, são os valores mais atrativos para os empresários envolvidos na fusão.

Além disso, o negócio se amplia a partir de serviços diversificados. Um escritório de contabilidade, por exemplo, que tenha um perfil de atendimento para o Simples Nacional, mas não tem um suporte apropriado para a área fiscal, pode otimizar os seus serviços se unindo a profissionais que atuam no mesmo segmento, mas que possuem habilidades que podem contribuir com o crescimento do escritório.

Com isso, aumentam as chances de crescimento no mercado onde atendem sem a necessidade de ter custos extras para que esse crescimento aconteça. O processo de também diminui de forma significativa a concorrência e permite uma melhor administração das atividades do escritório.

Fusão, Cisão e Incorporação: como não confundir?

Além da há outros modelos de união entre empresas para a expansão de negócios. Vamos conferir quais são essas modalidades?

Sobre a já esclarecemos que ela acontece quando duas ou mais empresas sentem a necessidade de unir as suas atividades laborais. Esse processo faz com que uma nova empresa seja criada e as anteriores deixem de existir legalmente.

Na cisão, o processo que acontece é um pouquinho diferente. Durante o processo é realizada a transferência de parte do patrimônio para uma das sociedades firmadas. Também pode acontecer a transferência total do patrimônio nesse processo, caso seja de interesse das partes.

No entanto, a empresa que fez a transferência continua existindo legalmente e compartilha do capital cindido entre as sociedades.

A Incorporação é outra forma de unir empresas para se fortalecer no mercado. No entanto, esse perfil de união concebe o controle das ações da empresa para aquela que for de maior porte. Isso quer dizer que, a empresa que for de menor porte é extinta, enquanto a outra permanece ativa.

Tendências de na contabilidade

Com o avanço da tecnologia e com o desenvolvimento das empresas nas relações de negócio, a fusão entre escritórios de contabilidade é uma tendência que já está acontecendo em escala globalizada.

Em países mais desenvolvidos, os escritórios de contabilidade ao iniciar as suas atividades, já começam a se programar para o processo de fusão do escritório. É uma alternativa eficiente que encontraram para acompanhar o desenvolvimento do mercado sem perder o poder de competitividade no setor.

O que fomenta essa proposta é a ideia de perpetuar a empresa no mercado global, colocando a atividade em evidência pela competência, conceito e autoridade. Isso somente é possível porque ao unir as suas habilidades a empresa aumenta a sua capacidade de produtividade e consegue atender também aos seus clientes de forma mais eficiente e qualificada.

E essa realidade tem tudo para dar certo se os gestores estruturarem essa nova organização com planejamento, realizando análises e estudos de cada departamento da empresa.

Para se aprofundar mais nesse assunto, acompanhe nossos conteúdos que compartilhamos também no nosso canal do Youtube.

Classifique nosso post post