Perfil dos clientes dos escritórios contábeis em Brasil e Portugal

Decisões com base em opiniões, em geral são desastrosas Vicente Falconi

Conhecer os clientes da sua empresa é essencial para entender como prestar bons serviços e até como realizar ações para aumentar sua visibilidade. Assim, precisamos entender o perfil dos clientes dos em Brasil e Portugal, a fim de considerar fatores importantes em caso de fusões, por exemplo.

Também há um impacto quando nos deparamos com as práticas nas empresas de outros países por conta das diferenças culturais. Daí a relevância de entender como funcionam tanto as organizações quanto o perfil da clientela de cada local.

Continue a leitura e veja os fatores que tornam o perfil de clientes brasileiros diferentes ou parecidos com os clientes portugueses no ramo da !

Os clientes dos em Brasil e Portugal são iguais?

Primeiramente, vamos lembrar que aspectos culturais, políticos e econômicos influenciam no comportamento das pessoas e até, na prática das empresas. Com isso, é difícil acreditar que o perfil dos clientes dos no Brasil e em Portugal sejam iguais.

Muitas questões, as quais veremos melhor adiante, podem ser parecidas, como o teor de burocracia para realizar as tarefas nos escritórios, por exemplo. Mas o próprio comportamento do cliente em relação a saber sobre a demora dos documentos pode ser diferente.

Assim, compreendendo como os perfis de comportamento dos clientes podem mudar de acordo com as diferenças geográficas, fica mais fácil expandir os serviços da sua empresa. Dessa forma, ao lidar com empresas ou profissionais do exterior sabemos o que esperar.

Os clientes brasileiros

De acordo com o Mapa do Na 2020, as empresas brasileiras possuem uma média de 114 clientes por escritório, sendo que as menores empresas de contabilidade (80% delas) têm 68 cliente e as maiores 290. Também evidenciou a maioria no mercado de escritórios menores, em outras palavras, pequenas e médias empresas de são maioria.

Assim como os clientes brasileiros, que são majoritariamente empresários de pequenas ou médias empresas, que precisam dos serviços para fugir de problemas de conformidade fiscal, tributária e trabalhista, além de ter maior organização financeira. O que pode variar muito e de forma específica, é o perfil do relacionamento com esse cliente.

Assim, podemos dividir em vários tipos, como: desorganizado, comunicativo, tradicional, iniciante e especialista. O primeiro tem falta de organização, dificuldade para disponibilizar informações relevantes e perde os prazos, é preciso ter paciência.

Já o comunicativo traz tudo o que você precisa, ele é colaborativo, porém, pode tomar muito seu tempo com assuntos desnecessários, porque ele quer conversar. O tradicional pode te trazer problemas porque ele prefere sempre os métodos mais antigos, desfiando das ferramentas tecnológicas.

Por fim, o iniciante e o especialista possuem comportamentos opostos, o primeiro conhece pouco ou nada sobre o assunto e vai aprender conforme a relação com sua empresa. O especialista é um cliente que colabora por saber bastante sobre o assunto e se torna um bom alvo para serviços de consultoria.

Todas essas pessoas possuem em comum a demanda por um serviço que resolva seus problemas, mesmo que o comportamento delas atrapalhe seu trabalho, como ocorre muitas vezes. O essencial é saber como lidar com cada um desses perfis, apresentar uma postura educada e agradável, estabelecendo os limites e autoridade da sua empresa.

Os clientes portugueses

Quando falamos sobre os clientes portugueses de contabilidade, também precisamos lembrar que o alvo é em torno de empresários de pequenas e medias empresas. O estudo intitulado Retrato dos Escritórios de em Portugal constatou que uma porção quase total dos escritórios portugueses possuem pelo menos um cliente microempresa.

Ao passo que apenas 30% têm uma grande empresa na carteira de clientes. Isso é semelhante ao Brasil, além da questão que o setor também é repleto de burocracia, bem como ocorre em nossas terras. Então, você vai encontrar variações de clientes comunicativos, especialistas, iniciantes, desorganizado, tradicional, enfim, com ressalvas sobre o comportamento que varia conforme a cultura.

Por exemplo, mesmo que seja preciso esperar por mais burocráticos, os brasileiros tendem a ter menor paciência. E isso pode surgir por conta da maior fluidez que os possuem em Portugal, mesmo que sejam burocráticos.

Afinal de contas, o Brasil tem dimensões continentais, a sua proporção dificulta mais a organização de órgãos governamentais.

Por outro lado, há menor índice de reclamação por parte de portugueses, que culturalmente estão mais propensos a aguardar o próximo passo. É um detalhe que pode fazer toda a diferença no seu relacionamento com o cliente, entendendo como ele reage a cada etapa na prestação de serviços.

Como sua empresa pode lidar com diferentes perfis?

A sua empresa já está habituada a lidar com pessoas de diferentes comportamentos, clientes com os mais variados perfis. Da mesma forma que possui pessoal treinado e capacitado para lidar com esse público, precisa ter empenho para esses choques culturais.

Entenda a fundo como os nas empresas de de Portugal funcionam para estar pronto para lidar com as demandas dos clientes. As tecnologias usadas lá, como a burocracia acontece, o trato com os clientes, enfim, tudo o que te ajuda a manter sua qualidade mesmo em terras distantes.

Esse conhecimento te traz a segurança necessária para trabalhar com qualidade mesmo em um ambiente desconhecido culturalmente. Você consegue expandir sua visão sobre a própria enquanto uma ciência social, que se apresenta de forma variada.

Entenda seu público para oferecer serviços de acordo com suas necessidades

Ao entender o perfil do cliente, conseguimos elaborar ações que tornam o serviço exatamente de acordo com as necessidades do público. Por isso, entenda que as demandas dos clientes portugueses são iguais aos brasileiros, de evitar problemas por ilegalidade, ajustar o pagamento de impostos, organizar saúde financeira da empresa, e mais.

Dessa forma, é preciso saber quais são os fatores que diferem na atuação de um em outro país, como é o comportamento do cliente. Assim conseguimos oferecer qualidade e nos adaptar aos com clareza, trazendo resultados.

São dados fundamentais no dia a dia, como também na hora de captar novos clientes, porque sabe o que oferecer para suprir sua demanda. Com isso, aprender sempre será necessário.

Agora ficou fácil de compreender o perfil dos clientes dos em Brasil e Portugal, sobre fatores que diferem esses contextos. Sabemos que a atuação do é muito importante, seja qual for o seu país de atuação, além disso, temos clientes que buscam as mesmas soluções e resultados para suas empresas.

Se a sua empresa tem o objetivo de expandir os serviços para Portugal, é importante conhecer não apenas o perfil do público, como também diferenças sobre os contábeis. Bem como órgãos e instituições, e seus parâmetros, que sofrem impacto da do local.

Se você gostou do conteúdo, compartilhe com os seus amigos e colegas de profissão!