Truques infalíveis para aprimorar sua habilidade de resolver problemas complexos

Truques infalíveis para aprimorar sua habilidade de resolver problemas complexos

Independente do tamanho do problema, ele sempre terá algum impacto financeiro – menor ou maior – dentro de uma empresa. Então, estar treinado para resolver situações complexas é um diferencial dos escritórios ou departamentos de contabilidade.

Aprender técnicas de resolução de problemas é uma obrigação para profissionais que trabalham em qualquer área. Não importa seu título ou descrição de cargo, a capacidade de encontrar a causa raiz de um problema difícil e formular soluções viáveis é uma habilidade que os empregadores valorizam. Aprender as habilidades sociais e as técnicas de pensamento crítico que os bons solucionadores de problemas usam pode ajudar qualquer pessoa a superar problemas complexos.

Para ajudar, aqui vão alguns passos:

1. Identifique o problema

Quer você esteja lidando com um problema complexo ou relativamente simples, é vital que você tenha um entendimento claro do que você espera resolver. Se você está tentando resolver uma série de problemas (mesmo que sejam problemas relativamente simples), a tarefa se torna muito mais difícil.

Se a situação envolver toda a sua equipe no escritório, é ainda mais importante que você tenha um entendimento comum do único problema que está abordando.

2. Faça pesquisas, estude casos

Depois de ter uma definição clara do problema que está resolvendo, você precisará fazer algumas averiguações e pesquisas sobre a natureza do problema e as possíveis causas.

Esse processo de pesquisa pode incluir o exame das causas de problemas semelhantes que foram resolvidos no passado ou pode exigir a elaboração de perguntas de entrevista para as pessoas envolvidas no problema.

3. Procure soluções possíveis

Depois de pesquisar o problema, é hora de começar a pensar nas soluções possíveis. Esta fase requer criatividade e brainstorming enquanto você pensa em algumas soluções ideais, bem como algumas soluções alternativas caso seu primeiro conjunto falhe.

Resolver problemas geralmente envolve a criação de alguns planos de contingência para conter mais problemas.

4. Não tenha medo de tomar decisões

Depois de ter uma lista de soluções possíveis, restrinja metodicamente sua lista para a melhor solução.

Se você estiver trabalhando em equipe, tente tomar decisões em conjunto e chegar a uma solução consensual com todos do seu escritório de contabilidade.

5. Coloque sua decisão em prática

Implemente a solução escolhida de maneira planejada e deliberada. Evite correr para a ação, pois isso geralmente levará a uma solução malfeita que não atinge o resultado pretendido.

6. Monitore os resultados

Observe como sua solução está funcionando e decida se outras ações precisam ser tomadas. É melhor definir um prazo para observação antes de fazer o acompanhamento e decidir se fará ou não alterações em seu plano.

Agora que você já sabe quais passos deve tomar, aqui vão umas dicas para aprimorar suas habilidades.

• Criatividade: Se você é um pensador criativo, pode encontrar soluções inovadoras para os problemas. Você é o tipo de pessoa que consegue pensar fora da caixa ao fazer um brainstorming de ideias e soluções potenciais. Seu pensamento não é rígido. Em vez disso, você tende a olhar para os problemas de maneiras que outras pessoas nunca pensaram antes.

Embora o pensamento lógico seja baseado em dados e fatos, isso não significa que seja rígido. Você pode encontrar maneiras criativas de obter esses dados ou fazer experiências para poder tirar conclusões lógicas. Suas habilidades de pensamento estratégico também o ajudarão a analisar reações ou coletar feedback .

• Trabalho em equipe: Resolver um problema de grupo ou problema social sistêmico requer que você trabalhe de forma colaborativa e dê suporte a os outros membros de seu escritório.

• Habilidades de pensamento lógico: O pensamento lógico é a capacidade de raciocinar um problema depois de observá-lo e analisá-lo de todos os ângulos . Você pode então tirar uma conclusão que faça mais sentido. Também inclui a capacidade de tomar nota das reações e feedback para ajudar na formação da conclusão.

• Raciocínio dedutivo: O raciocínio dedutivo é um aspecto do raciocínio lógico. É uma abordagem de raciocínio de cima para baixo que permite formar uma conclusão lógica específica com base em generalidades. Portanto, você pode usar uma ou mais declarações, geralmente chamadas de premissas, para concluir algo.

• Ordenação de informações: Se você tiver habilidades de ordenação de informações, poderá organizar as coisas com base em uma ordem especificada de acordo com as regras ou condições definidas.

Organizações diferentes têm de negócios diferentes. O fluxo de trabalho em uma organização não será semelhante ao de outra organização, mesmo que ambas pertençam ao mesmo setor. Sua capacidade de solicitar informações dependerá da do seu escritório de contabilidade. E terá um grande impacto em como você pode pensar e raciocinar a respeito das soluções para os problemas de sua empresa.

• Alta inteligência emocional: Se você está lidando com um conflito interpessoal ou está fazendo mudanças que provavelmente afetarão as pessoas do seu escritório de em um nível muito alto, podendo alterar os rumos da empresa, é muito importante que você tenha alta inteligência emocional.

• Escuta ativa: Se você for um ouvinte ativo, poderá ouvir, entender o que está sendo dito, lembrar e responder se necessário. Nem todas as instruções são escritas. Você pode precisar ouvir alguém para obter as informações de que precisa para resolver os problemas antes de anotá-las. Nesse caso, suas habilidades de escuta ativa determinarão o quão bem você pode se lembrar das informações para que possa usá-las para raciocinar as coisas logicamente.

• Tomada de decisão: A resolução de problemas e a tomada de decisão andam de mãos dadas. É essencial que você tenha convicção e confiança suficientes em si mesmo para tomar uma decisão e levá-la até o fim.

• Procure um conselheiro: Aprender novos movimentos é mais eficiente se você tiver alguém para lhe mostrar e orientar durante o processo de aprendizagem. Para alguns movimentos, pode ser muito perigoso executá-los sem qualquer supervisão. No caso de escritórios de contabilidade, por exemplo, um bom advisor pode realmente ajudá-lo com todas as etapas mencionadas acima.

Eles certificam-se de que você se concentra primeiro no essencial para ajudá-lo a aprender o movimento da forma mais eficiente possível. Eles também podem ajudá-lo a dividir o movimento em partes, fornecer feedback e motivá-lo a investir o tempo necessário para atingir seus objetivos.

Você pode ter auxílio sobre estratégias de negócios, e aquisições. Para saber mais a respeito, continue lendo os outros conteúdos do nosso blog.

Classifique nosso post