4 mitos sobre os empreendedores da “geração Y” que podem atrapalhar o sucesso da sua empresa contábil

por Roberto Dias Duarte

Impacto da geração millennials no setor contábil
Impacto da geração millennials no setor contábil

Se você nasceu entre os anos de 1980 e 2000, seja muito bem vindo a geração Millennials (ou Geração Y)! Os jovens nascidos nessa época cresceram assistindo aos avanços da dentro de suas próprias casas, e hoje, graças a ela, trabalham e se comunicam como nenhuma geração anterior foi capaz.

Em 2017, este termo já não deve ser uma novidade para você. Aqueles que pertencem à geração Millennials fazem parte da primeira geração de nativos digitais que ainda jovens surgiram com negócios altamente inovadores e disruptivos. Estima-se que em 2025, 70% da força de trabalho no mundo será composta pelos millennials.

Impacto da geração millennials no setor contábil

A na contabilidade está promovendo mudanças constantes no ambiente de trabalho. Graças às novas tecnologias e à crescente entrada de jovens da geração millennials no mercado de trabalho, a relação entre o empregador e o empregado, bem como modelos de negócios na contabilidade estão sendo totalmente redefinidos. As empresas que não acompanharem esse processo podem perder ou deixar de contratar novos talentos, o que a curto e médio prazo poderá se tornar um grande problema em termos de qualidade do capital humano.

O na contabilidade trouxe uma no modo de trabalho destes profissionais: eles exigem um modelo de trabalho mais flexível, precisam entender o real significado do que fazem e seu papel dentro da organização. Além disso, necessitam de maior de engajamento da empresa, querem fazer parte de projetos e receber feedbacks rápidos de seus gestores.

A maioria dos trabalhadores – sejam eles millennials ou não – também deseja mais tempo livre, possibilidade de crescimento e bom salário. A grande diferença do jovem de hoje, profissionalmente falando, é que ele abre a discussão sobre fazer o que se gosta, enquanto outras gerações eram mais submissas ao modelo corporativo instituído.

Tanta e ,  traz também muita especulação em volta da geração millennials. Mas vale a pena conferir alguns mitos sobre esta geração, suas características e realizações.

Quatro mitos sobre empresários millennials e suas preferências em serviços de contabilidade

Dados da  pesquisa 2017 Millennial Business Owner-Accounting Firm Survey, desenvolvida pelo site Bill.com, procurou mais de 1.000 donos de empresas para determinar o que os millennials exigem de suas empresas de contabilidade.

Como você percebeu, é um estudo feito nos Estados Unidos. Deixo para você refletir:

  • A realidade lá é muito diferente da brasileira? ou
  • Esta pesquisa demonstra uma tendência aqui no Brasil?

Veja o resultado da pesquisa sobre o comportamento dos millennials em relação aos serviços contábeis.

#1 Os millennials são muito jovens e não geram receitas lucrativas suficientes para serem clientes de um

Pensar que jovens não geram receitas lucrativas suficientes é um pensamento antiquado, você não acha? Repare o que disse o criador do , Mark Zuckerberg, quando comprou o WhatsApp por US$19 bilhões:

O WhatsApp conseguiu 465 milhões de usuários em cinco anos, que serão 1 bilhão em outros cinco; e cada passo deste projeto destinado a conectar a população do mundo está carregado de valor. Só é preciso ativá-lo”.

Atualmente, os millennials mais antigos devem estar entre os 30 e 40 anos de idade. Isso quer dizer que os profissionais de negócios com esta idade podem ser e já são importantes líderes empresariais.

Em relação ao tamanho, quase um terço dos donos de negócios da geração millennials entrevistados lideram empresas  com US$ 1,1 milhão a US$ 25 milhões em receita por ano. Outros 16% lideram as empresas que faturam entre US$ 501,000 e US$ 1 milhão por ano. Em relação ao número de funcionários, 14% dos millennials contam com empresas com mais de 51 funcionários e 12% possuem entre 21 e 50 funcionários.

Esses números representam duas vantagens para as empresas de contabilidade.

Em primeiro lugar, negócios liderados por millennials precisam e podem pagar serviços de contabilidade. Em segundo lugar, os números ilustram o potencial de impactos positivos a longo prazo com parcerias, referências e futuros empreendimentos.

#2 Nas suas empresas, não é necessário diversificar além dos serviços fiscais

Dados da pesquisa referida anteriormente, mostram que os millennials optam por uma combinação diferente de serviços contábeis, em relação às gerações anteriores:

  • Millennials consomem uma porcentagem maior de serviços de contabilidade (54%). 34% para os empresários na faixa etária entre os 40-55 anos e 30% para os 56 ou mais.
  • 31% dos empresa da geração Y informaram que demandam dos seus escritórios consultoria e serviços financeiros de . Este número cai para 10% para o grupo de empresários com mais de 56 anos.
  • 24% dos inquiridos incluem recomendações de contábil e em seus serviços. Esse tipo de serviço é menor para as gerações anteriores (8% para os 56 anos ou mais e 16% para as idades entre 40-55 anos).
  • 20% dos millennials indicam que precisam de terceirização do faturamento com  empresas de contabilidade, em comparação com 4% para 56 ou mais e 8% para 40-55.
  • 22% dos empresários da geração millennials entrevistados usam terceirização do contas a pagar com seus escritórios de contabilidade.

Os empresários da geração millennials apontam para a necessidade de mais   no na contabilidade. Na verdade, 52% dos empresários millennials dizem querer informações estratégicas e orientação, 31% atualmente mantêm serviços de consultoria de empresas de contabilidade. E ainda, 42% querem conceitos financeiros complexos traduzidos em terminologia e relatórios que eles possam entender.

Está na hora de ir além da prestação de serviços fiscais! Ao adotar um na contabilidade mais estratégico e que entregue mais valor, o cria uma vantagem competitiva diversificando seus serviços para atender os empresários millennials.

Quais serviços você usa do seu contador?

# 3 Os clientes millennials querem pagar por honorários contábeis por “taxa horária”

Engana-se quem pensa desta forma. Já falei várias vezes aqui no blog da importância do sair da competição por preço. Também os empreendedores millennials mostram preferência por cobrança de honorários baseada em valor. Como mostram os dados da pesquisa, os entrevistados mais jovens se manifestaram contra a cobrança horária.

Se por um lado, a sociedade está se adaptando rapidamente às transformações tecnológicas, por outro, muitas empresas estão se adaptando aos novos modelos de negócios na contabilidade com vista à por valor entregue.

Um dica importante para ir além do faturamento por hora é investir no na contabilidade. Como? Com uma proposta de valor forte que fale ao seu público-alvo exatamente o porquê ele deve adquirir seus serviços.

Como você prefere pagar os honorários contábeis?
Como você prefere pagar os honorários contábeis?

# 4 O uso da tecnologia não é importante para os serviços contábeis

Para se adaptar a esta geração, as empresas estão adotando uma forma de trabalho mais dinâmica. Através da na contabilidade é possível atender várias das demandas dos millennials: mobilidade, integração, compartilhamento de informação, entre outras.

Para um empresário millennial, contar com tecnologia de contabilidade faz a diferença ao selecionar um . A mesma pesquisa mostra que millennials querem serviços de contabilidade inovadores.

3 principais ferramentas para uso de serviços contábeis

As empresas de contabilidade que utilizarem essas tecnologias terão uma vantagem em conquistar e reter negócios millennials. Na verdade, essas preferências e o fato de que 64% dos millennials escolheram o e-mail como sua principal ferramenta de comunicação para contadores, mostram uma forte aceitação por trabalhar com empresas de contabilidade digital.

Conclusões da pesquisa sobre como empresários da geração Y usam serviços contábeis

A pesquisa ainda conclui que estes empresários tem muito menos preocupação com os preços dos serviços contábeis. Na realidade, ficou comprovado que há outros critérios  muito mais importantes na contratação de contadores: 72% considera fundamental “responder às minhas comunicações em tempo hábil”; e 52% “fornecer informações estratégicas e orientação para o meu negócio”.

O que é importante nos serviços contábeis?Outra conclusão fundamental para o dos escritórios é a diversificação da forma de adquirir novos clientes. O fator “indicação” vem perdendo força para os empresários mais jovens, que passam a acreditar mais em escritórios que têm ações de mais profissionais.

 

Como você encontra um contador?

Enfim, é fácil de perceber que a geração millennials prioriza o mundo virtual, no qual as informações contábeis, pagamentos digitais e faturamento online podem ser acessados via mobile e na nuvem. Assim, aqueles que corresponderem e estiverem em sintonia com os millennials, podem garantir o futuro da sua empresa. O que se antecipar será beneficiado por uma vantagem competitiva e de resultados lucrativos a longo prazo.

 

O 2.0 pode ajudá-lo neste processo. Saiba como aqui.

 

 

 

Qual sua opinião sobre isso?