• PT
  • EN
  • Contador aprimora escritório contábil após experiência no mundo corporativo

    O segredo para alcançar estes resultados, segundo ele, é investir não só em treinamentos para os colaboradores, mas também em benefícios e atividades que busquem a valorização profissional e a interação da equipe.
    O segredo para alcançar estes resultados, segundo ele, é investir não só em para os colaboradores, mas também em benefícios e atividades que busquem a valorização profissional e a interação da equipe.

    Em seus 20 anos de atuação em grandes empresas, o Marcelo Pereira da Silva acompanhou ativamente o processo de transformação da contabilidade, acelerado pela modernização do fisco eletrônico.

    Mas de todos os desafios que vivenciou neste período, nada se compara ao que assumiu há dois anos, quando decidiu trocar a bem-sucedida carreira corporativa pela de na Proativa Consultoria Contábil.

    A escolha surgiu da necessidade de participar do processo sucessório do escritório comandado sua irmã Antonia, estabelecido há 22 anos no centro da capital paulista. Equilibrar-se entre as várias atividades exigidas de um empresário, desde então, tem sido uma repleta de obstáculos que precisam ser superados diariamente.

    “Por ter alcançado um cargo de nas outras empresas em que trabalhei, já tinha conseguido delegar toda a parte operacional. Não precisava mais colocar a mão na massa. Agora, além de me envolver na parte técnica, tenho de pensar na do escritório, estratégias de prospecção e inúmeros outros detalhes”, conta Marcelo Silva.

    corporativa aplicada ao

    Por outro lado, ele afirma já ter conseguido implementar diversas rotinas mais modernas sob os aspectos de gerenciamento de pessoal e de , graças à sua no mundo corporativo.

    Para isso, investiu também em dos seus quatro colaboradores para se enquadrar no Programa de Qualidade de Empresas Contábeis (PQEC) do Sindicato das Empresas Contábeis e de Assessoramento do Estado de São Paulo (SESCON-SP), que confere um selo de qualidade aos escritórios que, reconhecidamente, buscam a melhoria contínua dos seus serviços e no padrão desejado pelo mercado.

    “Hoje a equipe já está muito mais engajada e acredito que dentro de no máximo dois anos poderei deixar a parte técnica para cuidar tão somente da gestão e da prospecção de clientes”, projeta o empresário.

    O segredo para alcançar estes resultados, segundo ele, é investir não só em para os colaboradores, mas também em benefícios e atividades que busquem a valorização profissional e a interação da equipe.

    “Oferecemos benefícios dentro das nossas limitações, como café da manhã para os colaboradores, um espaço para quem deseja alimentar aqui, plano de saúde de boa qualidade e pagamos ainda um adicional em dinheiro para complementar o vale-refeição”, afirma.

    Outra medida simples e igualmente importante, na sua avaliação, é sempre explicar – e com bons argumentos – por que determinado processo está sendo implementado. À medida que o colaborador compreende a importância de adotar procedimentos específicos, a tendência é minimizar os riscos nas operações e dar segurança para o negócio crescer com a consistência desejada.

    : o novo desafio

    Após as ações iniciais para estruturar melhor o escritório, Marcelo Silva agora já começa a intensificar a busca por novos clientes. Identificou nichos estratégicos e contratou uma agência de digital para produzir conteúdo para o seu site, a fim de atrair prospects pela busca no Google.

    “O objetivo é alcançar segmentos que dão baixa rentabilidade, mas nos quais podemos ganhar na quantidade e sem a necessidade de desenvolver uma grande estrutura”, afirma.

    2.0

    A recente participação no 2.0, do professor e Roberto Dias Duarte, foi essencial na sua avaliação para compreender melhor o momento vivido pelo seu escritório e o que precisa mudar para inovar e ter a segurança de que está vendendo serviços realmente competitivos no mercado.

    “Me ajudou e perceber que preciso saber vender o que ofereço, a entender as necessidades dos clientes das carteiras e, mais ainda, na prospecção. Percebi mais claramente que a atuação por de atividade pode otimizar o nosso dia a dia e nos trazer maior lucratividade e segurança em determinada área de atuação. Enfim, depois do ando mais inquieto”, relata Marcelo Silva.

    Para o Bruno Cornaglia, da Attentive Contabilidade, um dos grandes desafios do setor atualmente é se tornar melhor compreendido pelos clientes mais bem vendido pelos contadores.

    “É preciso deixar de ser pragmático com pensamentos antigos e não ter medo de inovar para levar soluções aos seus clientes. A participação no Workshop confirmou o que já estava sendo vislumbrado por mim e pelos meus sócios. A para pontos como segmentação, especialização, e são inevitáveis para quem quer sobreviver ao futuro como uma ”, avalia.

    O diretor administrativo financeiro da Visão Assessoria Empresarial, Samuel Linz, foi outro que avaliou positivamente o conteúdo oferecido nos dois dias de evento.

    “As constantes transformações tecnológicas, alinhadas ao conhecimento técnico, vêm proporcionando muitas oportunidades. O Workshop nos apresentou a metodologia para os e técnica para aproveitar este momento”, destaca Samuel Linz.

    Qual sua opinião sobre isso?