Jovem empreendedor contábil conquista 400 clientes em 9 anos focando na gestão e inovação

“Hoje trabalho cerca de oito horas por dia no escritório, mas dedico 24 horas por dia a pensar na gestão do negócio, conversando com gestores, estudando as empresas e buscando ideias para inovar e melhorar nossos serviços”
“Hoje trabalho cerca de oito horas por dia no escritório, mas dedico 24 horas por dia a pensar na gestão do negócio, conversando com gestores, estudando as empresas e buscando ideias para inovar e melhorar nossos serviços”
“Hoje trabalho cerca de oito horas por dia no escritório, mas dedico 24 horas por dia a pensar na do negócio, conversando com gestores, estudando as empresas e buscando ideias para inovar e melhorar nossos serviços”

Ao perceber a carência no mercado potiguar de empresas contábeis focadas em oferecer um completo às necessidades de seus clientes, o então recém-formado André Adolfo decidiu criar, em 2007, um negócio contábil capaz de ir além do cumprimento das obrigações acessórias das empresas perante o fisco.

Apelou ao bom relacionamento de sua mãe Maria da Conceição nas empresas da região para conquistar os seus cinco primeiros parceiros comerciais e, assim, iniciar um modelo de trabalho que hoje faz a Contauditoria acumular cerca de 400 clientes e mais de 50 funcionários.

O segredo do crescimento: e equipe

O segredo para este crescimento meteórico num curto período de tempo, segundo ele, está em buscar maneiras de identificar as principais dores dos empresários e manter toda a equipe motivada para solucionar estes problemas.

“É preciso, sobretudo, ter uma equipe satisfeita e reconhecer o trabalho dos colaboradores para que tenham oportunidade de crescimento. Afinal, são eles os responsáveis pelo e, se não estiverem bem, tudo pode ir por água abaixo”, explica Adolfo.

Isso só é possível devido a uma detalhada análise de desempenho realizada mensalmente com base em critérios específicos. Outro aspecto importante é o investimento recorrente em capacitação não apenas nos contábeis, mas principalmente nas maneiras de compreender o mercado e realizar estratégias de e para um público pré-definido.

Como exemplo disso, André Adolfo aponta uma série de casos em que o acompanhamento próximo dos clientes resultou na redução do valor pago em impostos e no aumento da rentabilidade em seu ramo de atuação.

“Numa grande rede de supermercados, que comprava seus produtos de fora do estado e tinha um custo elevado de tributos, adequamos essa situação com a constituição de uma distribuidora com o regime tributário apropriado, em que estruturamos toda uma operação”, conta o .

Em outros estabelecimentos do ramo alimentício – como fábricas, atacadistas e varejistas –, muitas vezes a solução pode estar em deixar o Simples Nacional e optar pelo Lucro Real, com diminuição significativa da carga tributária.
“Em clientes comercias com elevados valores de estoque e consequente insuficiência de caixa, e que não conseguiam entender o motivo para isso, já ocorreu de apresentarmos os pontos a serem gerenciados através da contabilidade gerencial”, relata Adolfo.

Agregando valor aos

Além de fornecer as soluções contábeis comuns a qualquer empresa dessa área, a Contauditoria busca oferecer uma gama de serviços que vão desde o sucessório familiar até o compliance e a blindagem patrimonial.
A ampliação da gama de serviços é fruto de uma direcionada a encontrar novos meios de explorar a sua expertise para atuar em novos nichos de mercado.

“Hoje trabalho cerca de oito horas por dia no escritório, mas dedico 24 horas por dia a pensar na do negócio, conversando com gestores, estudando as empresas e buscando ideias para inovar e melhorar nossos serviços”, afirma.

2.0 personalizado

Como parte dos inúmeros para o desenvolvimento profissional de seus colaboradores, a Contauditoria recebeu recentemente o 2.0 do professor e Roberto Dias Duarte, a fim de aprimorar a maneira de enxergar o negócio e buscar soluções para os problemas de seus clientes.

“De todas as vezes em que me reuni com o Roberto, desde 2007, ele sempre conseguiu mudar meu pensamento em relação ao direcionamento do escritório. Dessa vez, pudemos aprimorar alguns aspectos em relação aos nossos de para oferecer ainda mais valor ao cliente”, afirma André Adolfo.

Participaram do os gestores e colaboradores que fazem parte das tomadas de decisões. “A média de idade dos nossos gestores é de 28 anos. Buscamos estimular estes jovens a serem mais empreendedores, para que sempre busquem o crescimento da empresa mesmo quando tiverem o seu negócio, e não apenas em resultados próprios”, destaca o sócio da Contauditoria.