O que faz de alguém um grande líder? Confira as dicas de Simon Sinek

O que faz de alguém um grande líder? Confira as dicas de Simon Sinek

Em todo negócio, é fundamental para o sucesso. Líderes transmitem confiança. Líderes são ouvidos e levados em consideração. Em escritórios de contabilidade, eles podem tanto estimular colegas e funcionários, quanto transmitir a segurança de que clientes precisam para fechar contratos.

Para Simon Sinek, autor do livro Comece pelo porquê, os líderes definem o tom, colocando seu pessoal em primeiro lugar e, como consequência, seu pessoal os coloca em primeiro lugar. Com base na ética militar, Simon acredita que bons líderes fazem você se sentir seguro.

E em que isso influencia?

Bem, funcionários que não se sentem seguros não confiam em seus líderes – eles o temem. Isso pode enfraquecer a organização. Nas palavras de Sinek: é uma escolha, não um cargo.

Um líder tem o respeito dos demais. Ele é considerado uma inspiração. Quando você desenvolve sua liderança, consequentemente conquista uma posição entre seus colegas. As pessoas trabalharão mais para atingir objetivos comuns e escutarão seus conselhos, pois acreditam em sua capacidade.

Outra influência da aparece junto aos clientes: clientes que não se sentem seguros com seu não vão fazer negócios com ele. Ninguém quer colocar sua saúde financeira nas mãos de alguém que não lhes transmite segurança. Ninguém quer abrir os dados de sua empresa para alguém em quem não confia.

Nesse sentido, a também é uma forma de encantar e fidelizar clientes, fazendo seu escritório prosperar. Desenvolver a em si mesmo e inspirar os demais contadores que trabalham na empresa a fazê-lo pode trazer resultados impressionantes.

O que faz de alguém um grande líder?

Você já parou para pensar o que faz de alguém um grande líder? O que faz com que alguém consiga inspirar pessoas e fazer com que elas deem o seu melhor? Simon Sinek revelou, em seu trabalho, um padrão no qual todos os grandes líderes pensariam, agiriam e se comunicariam.

Em Comece pelo porquê, Sinek explora como grandes líderes inspiram a ação. Nesse livro, ele explica como um líder pode usar o que ele chama de “Círculo de Ouro” para construir um Triângulo de Confiança para a sua empresa.

Para o autor, bons líderes fazem com que nos sintamos seguros e isso nos atrai para o seu círculo de confiança.

Vejamos a seguir algumas dicas de Simon Sinek para aumentar suas habilidades de liderança:

Começar pelo porquê

Segundo Simon, todos numa organização sabem o que fazem, alguns sabem como fazem, mas poucos sabem “por que” fazem.

Esse porquê não é dinheiro. Não é o lucro. O lucro é uma consequência de fornecer algo de valor.

O porquê significa propósito. Qual o propósito da sua empresa? No que ela acredita? Por que ela existe? Por que você sai da cama de manhã e trabalha com e por que seus clientes deveriam se importar?

Em escritórios de contabilidade, o porquê pode ser o desejo de tornar melhor a saúde financeira de seus clientes e vê-los prosperar em seus negócios, por exemplo.

Quando esse porquê causa uma reação emocional, ele é cheio de poder e pode impulsionar resultados impressionantes.

Muitos escritórios de não sabem que estão perdendo clientes por não compreender esse porquê. Embora seja um conceito simples, ele é muitas vezes negligenciado.

Nas palavras de Sinek: “Cada empresa, organização ou grupo com a capacidade de inspirar começa com uma pessoa ou pequeno grupo de pessoas que foram inspiradas a fazer algo maior do que eles”.

Bons líderes conhecem o porquê de fazerem o que fazem. E, quanto mais claro esse conhecimento, melhor a determinação do como fazer e melhor o resultado (o que).

Ter clareza, disciplina e consistência

Para Simon Sinek, as pessoas não compram o que você faz, mas o porquê você faz. Quando um líder tem a clareza de por quê faz o que faz, quando ele sabe articular isso para colegas e clientes.

Você pode oferecer a um cliente um serviço de como um punhado de relatórios e demonstrativos. Ou pode oferecer a ele saúde financeira, previsibilidade orçamentária ou outras coisas com valor.

Quando você tem clareza do porquê, consegue pensar no como fazer da melhor forma possível. O modo como você faz as coisas são seus valores ou princípios.

Em escritórios de contabilidade, esse “como” pode ser identificar e apontar o que o cliente vinha fazendo de errado, como ele poderia fazer melhor, como ele deve proceder de agora em diante.

A disciplina do como depende de manter o foco no porquê, naquilo que você acredita. Se sua empresa tem como valores integridade, transparência, fazer o certo, isso precisa estar no como.

Em consequência, o que, ou seja, aquilo que você oferece como produto (o serviço contábil) é consistente. Quando a disciplina do como é pautada na motivação, no propósito da sua empresa, o resultado é um resultado das suas crenças e das ações que você realiza para concretizar essas crenças.

Isso se reflete não apenas nos serviços que sua empresa presta aos clientes, mas na própria organizacional, na forma como os contadores e demais funcionários se relacionam entre si.

“Se você não for consistente nas coisas que diz e faz, ninguém saberá no que você acredita” – Simon Sinek

Quando você comunica a seus clientes seu propósito, não precisa se preocupar com diferenciação. O cliente simplesmente sentirá segurança em contratar seus serviços.

Líderes transmitem confiança

é uma escolha, não um cargo. Para ser um líder, é preciso que pessoas escolham segui-lo. Isso não significa simplesmente ser chefe, mas conquistar a confiança das pessoas.

Essa confiança não aparece porque você simplesmente faz bem o seu trabalho. Ela começa a surgir quando temos a sensação de que a outra pessoa é movida por outras coisas além do seu próprio ganho.

Se o seu cliente sente que você realmente se importa com ele, que sua vai além do dinheiro que você vai ganhar fazendo o que faz, ele terá mais confiança no seu serviço.

Para que isso aconteça, é preciso comunicar e demonstrar seus valores e crenças, o que nos leva a mais uma lição importante.

Comunicação não é falar, é escutar

Quando falamos de comunicar com clareza o seu porquê, o seu propósito, não estamos dizendo que você precisa chegar para o cliente dizendo: temos como valor melhorar sua saúde financeira.

Escute atentamente os problemas do seu cliente. Quando você sabe o porquê e ele se reflete no como você faz o que faz, essa transparece no seu trabalho.

Como vimos, Simon Sinek nos deixa dicas valiosíssimas que podem nos ajudar a nos tornar grandes líderes. A liderança, por sua vez, tem grande influência nos resultados do seu escritório. Então que tal aprimorar suas habilidades de hoje mesmo, começando pelo por quê?