Por que o perfil pessoal do LinkedIn é importante para o Social Selling?

por Roberto Dias Duarte

Confira as dicas para manter seu perfil pessoal do LinkedIn
Confira as dicas para manter seu perfil pessoal do

Como rede social fundamental nas negociações B2B, um utilizará, obrigatoriamente, o LinkedIn na venda consultiva em TI, uma vez que esta rede social vem se tornando, a cada dia, indispensável quando o assunto ou a atuação é pautada em social selling. Além de utilizar consagradas para aumentar as de valor em , um vendedor atualizado com as novas tendências do mercado, com certeza,  utilizará o social selling com o LinkedIn. Seja através da company page de sua empresa ou de seu perfil pessoal.

Para poder utilizar essa rede social, é necessário a criação de um perfil, o que exige alguns cuidados. Quanto mais completo e mais rico em informações estratégicas, maiores as possibilidades de relacionamentos comerciais. No , informações como dados de contato, resumos de profissional e formação acadêmica, interesses e até a foto do perfil podem fazer diferença na hora de atrair ou distanciar leads e potencializar negócios.

Parece simples, certo? Mas você já sabe como fazer?

Confira as dicas para manter seu perfil pessoal do

Para se tornar um vendedor com ainda mais e credibilidade, em suas vendas de valor em tecnologia, confira o quadro abaixo para montar um perfil adequado e ser bem visto nas relações profissionais!

  1. Nome, sobrenome e e-mail: para criar um perfil no LinkedIn, o primeiro passo é cadastrar o nome completo e o e-mail do novo usuário. Cadastre seu nome completo e nada de apelidos! Certifique-se que seu nome está escrito corretamente e, caso tenha mais de um sobrenome, cadastre o mais conhecido no mercado. Inclua um e-mail utilizado com frequência, pois será seu login e, você poderá receber mensagens no em sua caixa de entrada. Como no caso do nome, o e-mail cadastrado deve ser formal. Apelidos ou diminutivos podem diminuir a credibilidade quando o assunto são ! Lembre-se: contatos profissionais exigem formalidade!
  2. Foto do perfil e imagem de fundo: opte por uma foto formal em seu perfil no LinkedIn! Sorrindo ou não, mantenha a formalidade e seriedade. Dê preferência por fotos em que esteja sozinho e que o fundo não esteja em evidência. Fuja de fotos em festas ou eventos noturnos, com caretas ou expressões de brincadeira. Para as mulheres é preciso muito cuidado com o excesso de maquiagem. Quanto mais natural e autêntico na foto, melhor! Além da foto de perfil, o LinkedIn também oferece ao usuário a possibilidade de incluir uma imagem de fundo. Opte por imagens neutras, como um fundo fosco ou com paisagens, por exemplo. Evite imagens de familiares ou pets.
  3. Resumo: o preenchimento do resumo é fundamental na construção de seu perfil. É a oportunidade de se apresentar enquanto profissional de em até 2 dois mil caracteres. Faça um resumo interessante, harmonioso em sua escrita, com informações consistentes sobre sua atuação e os desafios que tem interesse em atuar.  Falar de seu desafio atual com uma breve descrição sobre a solução ofertada e destacar experiências e contribuições relevantes em sua vida profissional tendem a chamar atenção sobre o profissional.
  4. Experiências profissionais: fale sobre o desafio profissional vivido no momento e fale sobre outras experiências relevantes para seu desenvolvimento profissional. Invista sua energia vendendo sua atuação profissional atual. Para vendedores de soluções fiscais, por exemplo, demonstrar conhecimento sobre os impostos apurados em sua solução o tornará referência quando o assunto é soluções tecnológicas para a área fiscal. Vendas de valor em iniciam com um confiante com o vendedor responsável por sua .
  5. Formação acadêmica: um sabe da importância de estar em constante atualização acadêmica. É importante informar sua formação curricular ou outras informações de cursos relevantes para sua carreira profissional. Dessa maneira, será possível demonstrar seu interesse em estar atualizado e em evoluir na área comercial.

Mais dicas usar o LinkedIn em vendas consultivas

A parceria do LinkedIn na de TI não acaba por aí. A ferramenta apresenta mais algumas possibilidades para enriquecer ainda mais seu perfil:

  • Espelhar o perfil em outro idioma: que o inglês é mundialmente utilizado já é sabido. Porém, nem todos seus possíveis clientes falam o idioma. O LinkedIn oferece a oportunidade manter um perfil em cada idioma de seu interesse.
  • Criar palavras chave: para auxiliar seu cliente em potencial à encontrá-lo  mais rapidamente na rede social, busque algumas palavras-chave relacionadas à sua área de atuação para incluir em seu perfil. Para facilitar, você pode buscar algumas possibilidades de palavras-chave na internet.
  • Personalizar sua URL: quando seu perfil é criado, o LinkedIn adiciona automaticamente uma série de números aleatório após seu nome. Você pode retirar esses números e incluir uma nomenclatura mais agradável aos olhos como seu nome completo, por exemplo.
  • Receber recomendações: quando compramos algo, nos sentimos mais seguros se o produto é bem recomendado, não é mesmo? Com o LinkedIn, é possível recomendar profissionais e, essa é a melhor forma de receber recomendações. Recomende pessoas que conhece e façam parte de sua rede de contatos para aumentar as recomendações que recebe.

Quanto mais completo e ativo seu perfil no LinkedIn, maiores as possibilidades de contatos profissionais. Além disso, para todas as informações incluídas na rede social, vale fazer um lembrete muito importante: não minta! Já diz o ditado, “a mentira tem perna curta”, e quando percebida, pode prejudicar irreversivelmente uma oportunidade de negócio e sua credibilidade no mercado.
Utilize o e o LinkedIn na em TI! Com informações claras, estratégicas, consistentes e publicações de valor, seu perfil se tornará mais interessante e mais acessado, aumentando, dessa forma, as chances de novos contatos profissionais e, consequentemente, novas vendas!

Qual sua opinião sobre isso?