RDD fala sobre midset empreendedor no maior evento contábil de Portugal

Accounting Summit 2020

O consultor especialista em na Contabilidade Roberto Dias Duarte falou, no último dia 20, para mais de cinco mil profissionais e empresários contábeis portugueses e também de outros países sobre como conquistar e reter clientes na área contábil.

Crescimento dos escritórios de contabilidade

Foi durante o Accounting Summit 2020, maior evento digital da área financeira de Portugal, promovido pela Primavera BSS, de 19 a 23 de outubro. 

“Uma empresa que não está crescendo rapidamente, está morrendo lentamente”.

Com esta frase Duarte iniciou sua participação, propondo a reflexão de cada um sobre o seu próprio negócio. Segundo ele, grande parte das empresas contábeis no mundo possui um leque de serviços básico e não se preocupa em ampliá-lo ou diversificá-lo.

“Negócio que não cresce não atrai talentos e perde a capacidade de investir”

Empresas que giram em torno de capital intelectual, como é o caso da contabilidade, são movidas por profissionais que querem se desenvolver e crescer e, quando a organização não identifica esse cenário e não avança na ampliação de produtos e serviços, ou ainda, no seu aprimoramento, tende a perder talentos e encolher.

“A morte acontece por falta de incentivo ao crescimento”, explicou o especialista.

Para Dias Duarte, uma das razões para isso é a ausência de mentalidade empreendedora do sócio ou diretor.

Accounting Summit 2020
Accounting Summit 2020

“Não se pode considerar apenas nas questões relativas à contabilidade. Para crescer, é importante pensar e investir em , e comunicação”, ressaltou ele, ao apontar para a importância da de minset, que faz o profissional ter a habilidade de se adequar a todas as mudanças e cenários que se apresentem.

Na mesma linha, o consultor brasileiro afirmou que não basta detenção de hard skills – habilidades técnicas – para o , e que hoje as soft skills – habilidades comportamentais – têm grande papel na busca e na retenção de talentos.

“Liderança, trabalho em equipe, comunicação, ética e empatia são fundamentais”.

Ao mencionar que o contábil mundial está em franco desenvolvimento, com a geração de receitas de 574 mil milhões de dólares em 2019 e crescimento de 6% ao ano, Roberto destacou as boas perspectivas para o mercado português. 

Mindset de crescimento

No seu entender, superadas essas questões de minset, crescimento e de talentos, as de Portugal podem se tornar, em um breve, as grandes provedoras de serviços da área para toda a Europa.

“O país tem um potencial exportador gigantesco porque possui profissionais altamente qualificados, que muitas vezes dominam várias línguas, e têm um custo de operação menor em relação a outras nações”, ponderou.

Participaram também do debate sobre retenção de talentos Mário Nogueira, docente e consultor; Sara do Ó, CEO do Grupo Your; Sérgio Carvalho, diretor de da Fidelidade; e Camilo Lourenço, jornalista econômico e docente universitário, que moderou os debates. 

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments