Usando OKR e KPI para Potencializar a Gestão de um Escritório de Contabilidade

A mudança não é apenas necessária para a vida - é a vida.Alvin Toffler

“A mudança não é apenas necessária para a vida – é a vida.”

ALVIN TOFFLER

Se você é proprietário ou gestor de um escritório de contabilidade, sabe bem que manter todos na equipe focados em metas comuns e monitorar a eficiência dos processos pode ser um desafio. Felizmente, existem metodologias e ferramentas, como os Objetivos e Resultados-Chave (OKR) e os Indicadores-Chave de Desempenho (), que podem simplificar e melhorar a gestão de sua organização. Neste post, exploraremos o que são OKR e KPI e como eles podem ser usados para impulsionar a eficiência e o sucesso de seu escritório de contabilidade.

O que são OKR e KPI?

Os Objetivos e Resultados-Chave (OKR) são uma técnica de planejamento que ajuda organizações a definir e acompanhar objetivos e seus resultados. Originalmente criada por Andy Grove, da Intel, e mais tarde popularizada por empresas como Google e LinkedIn, a metodologia OKR inclui duas partes:

  1. Objetivos: Declarações claras e concisas do que se deseja atingir. Eles devem ser significativos, orientados para a ação e (preferencialmente) inspiradores.
  2. Resultados-chave: Indicadores mensuráveis que demonstram como se atingirá o Objetivo. Eles devem ser quantitativos, verificáveis e baseados em resultados, não em atividades.

Por outro lado, os Indicadores-Chave de Desempenho (KPIs) são medidas de desempenho usadas para avaliar o sucesso de uma organização, departamento, projeto ou processo específico. KPIs permitem uma visão clara do desempenho atual em relação às metas estabelecidas.

Quando usar OKR e KPI em um escritório de contabilidade

Os KPIs são mais adequados para monitorar o desempenho operacional e a eficiência do dia-a-dia. Eles podem rastrear métricas como a quantidade de declarações de impostos processadas por semana, a taxa de erros de contabilidade, a satisfação do cliente, entre outros. Esses indicadores fornecem uma visão instantânea do desempenho atual e ajudam a identificar áreas de melhoria.

Os OKRs, por outro lado, são excelentes para definir e rastrear objetivos estratégicos de médio a longo prazo. Eles podem ajudar um escritório de contabilidade a definir metas como “Tornar-se o escritório de contabilidade preferido em sua região” e criar Resultados-Chave que ajudam a medir o progresso em direção a essa meta, como aumentar a base de clientes ou melhorar a pontuação de satisfação do cliente.

Exemplos práticos de OKR e KPI para um escritório de contabilidade

Para exemplificar como OKRs e KPIs podem ser usados, vejamos alguns exemplos para um escritório de contabilidade.

Obrigações fiscais

Objetivo (O): Aumentar a eficiência do processamento de obrigações fiscais.

  • Resultado-chave 1 (KR): Reduzir o custo médio por obrigação fiscal processada em 15% até o final do ano.
  • Resultado-chave 2 (KR): Aumentar a taxa de obrigações fiscais processadas no prazo de 85% para 95% no próximo trimestre.

Para acompanhar esse OKR, você poderia definir KPIs, como:

  • Custo médio por obrigação fiscal processada: Um KPI que ajuda a monitorar a eficiência dos processos fiscais.
  • Taxa de obrigações fiscais processadas no prazo: Um indicador da capacidade do departamento de cumprir prazos.

Processamento de folha de pagamentos

Objetivo (O): Aumentar a produtividade do processamento de folha de pagamentos.

  • Resultado-chave 1 (KR): Reduzir o custo médio por vida processada em 30% até o final do ano.
  • Resultado-chave 2 (KR): Aumentar a taxa de folhas processadas processadas no prazo de 95% para 100% no próximo trimestre.

Para acompanhar esse OKR, você poderia definir KPIs, como:

  • Custo médio por vida processada: Um KPI que ajuda a monitorar a produtividade do processamento trabalhista.
  • Taxa de folhas processadas no prazo: Um indicador da capacidade do departamento de cumprir prazos.

Conclusão

Ambas as metodologias, OKRs e KPIs, desempenham um papel importante na gestão de um escritório de contabilidade. Enquanto os KPIs ajudam a monitorar o desempenho e a eficiência diária, os OKRs auxiliam na definição e no rastreamento dos objetivos estratégicos. Juntos, eles proporcionam uma visão abrangente do desempenho do escritório, permitindo ajustes e melhorias contínuas.

Lembre-se de que, embora esses exemplos sirvam como um bom ponto de partida, é fundamental que você customize seus OKRs e KPIs para atender às necessidades e objetivos específicos de sua organização. Afinal, uma boa gestão não se trata apenas de seguir as melhores práticas, mas de adaptá-las ao que funciona melhor para o seu escritório e equipe. Dessa forma, você estará no caminho certo para atingir suas metas e alcançar o sucesso no competitivo mundo da contabilidade.

Marcado como: