Blockchain na contabilidade: a tecnologia que vai revolucionar (novamente) os escritórios de contabilidade

por Roberto Dias Duarte

O papel de apenas informante de saldos ou de zelador de assuntos fiscais, está sendo superado com a avançada da informática. prof. Lopes de Sá – março de 1999.

Você sabe o que é blockchain e quais seus impactos na contabilidade? Nesse post, vou te ajudar a entender melhor a tecnologia que vai causar disruptura no setor contábil.
Será que o blockchain irá impulsionar um novo  modelo de processamento de dados na contabilidade?

Você já parou para pensar o que, de fato, está direcionando a inovação para as empresas de contabilidade hoje? Há tempos estou falando sobre a , a adoção de novas tecnologias e o ritmo de em torno delas. Estar a par destas é fundamental para se afastar dos serviços tradicionais e desenvolver uma forte para atender melhor os negócios dos seus clientes.

Veja que não estou falando apenas sobre oferecer novas linhas de serviço. A começa com práticas tecnológicas que automatizam o máximo que puder, o mais rápido possível e, ainda, de maneira segura e econômica.

Assuntos como inteligência artificial e mais recentemente o blockchain e o impacto que terão sobre os negócios na contabilidade estão aí. Você 2.0, já está a par destes assuntos?

Entendendo o blockchain

O blockchain continua desempenhando um papel cada vez mais importante no mundo das transações online. Essa é a em que a moeda digital, Bitcoin, é capaz de operar. Transações entre mercados diferentes, como Japão e Brasil já podem ser realizadas com certa facilidade por meio destas moedas. Dá para perceber que há motivo suficiente para levarmos o blockchain a sério, não é mesmo?

No caso da moeda virtual, um blockchain é a estrutura de dados que representa uma entrada de contabilidade financeira ou um registro de uma transação, digitalmente assinada. Esta assinatura garante sua autenticidade e impede adulterações. O próprio registro e as transações existentes dentro dele são considerados de alta integridade.

 Blockchain é uma lista crescente de registros, chamados blocos, que estão vinculados e protegidos usando criptografia.  Cada bloco normalmente contém um ponteiro de hash criptográfico como um link para um bloco anterior,  um carimbo de data e hora (timestamp). Por design, as cadeias de blocos são inerentemente resistentes à modificação dos dados. A Harvard Business Review define blockchain como “um livro razão aberto e distribuído que pode gravar as transações entre duas partes de forma eficiente e de forma verificável e permanente”. Para uso como um livro contábil distribuído, um bloco é tipicamente gerenciado por uma rede ponto-a-ponto (peer-to-peer network) aderindo coletivamente a um protocolo para validar novos blocos. Uma vez registrado, os dados em qualquer bloco não podem ser alterados retroativamente sem a alteração de todos os blocos subsequentes, o que requer colusão da maioria da rede.

Os Blockchains são seguros por sua arquitetura e são um exemplo de um sistema de computação distribuída com alta tolerância a falhas. Isso torna o blockchain potencialmente adequado para a gravação de eventos, registros médicos, financeiros e outros tipos de transações que exigem segurança, sigilo, integridade e rastreabilidade . (adaptação livre da Wikipedia

Mas isso pode ser apenas a ponta do iceberg em termos de sua influência global. A forma como ele controla, registra e assegura as transações, demonstra como a tem potencial para se tornar a próxima força revolucionária na contabilidade digital.

O blockchain pode ser considerado um dos desenvolvimentos recentes mais significativos em termos de tecnologia da computação, com aplicativos que têm o potencial de mudar a maneira como fazemos negócios e armazenamos nossos dados. Além disso, fornece uma maneira de criar com segurança e eficiência um registro de atividade inviolável.

Essa tecnologia é baseada em um conceito que remove a necessidade de transações a serem processadas por uma instituição financeira.

Em resumo, é um livro digital em que as transações são registradas cronologicamente e podem ser visualizadas por todos os que têm acesso.

Um banco que tem inúmeros clientes que se beneficiam de pagamentos mais eficientes e mais baratos na área de transferências internacionais, por exemplo, pode utilizar a tecnologia Blockchain para diminuir o custo dessas transferências, reduzindo a necessidade de o banco liquidar as transações manualmente.

Muito além do Bitcoin…

 Em um projeto da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), realizado em abril de 2017, Bradesco, Itaú Unibanco e B3 demonstraram como as instituições financeiras podem compartilhar dados em uma plataforma de blockchain.

O cliente vai acessar um aplicativo de seu smartphone e escolher as instituições com as quais vai compartilhar o seu cadastro. No protótipo foi demonstrado como é feito o compartilhamento com um dos usuários da plataforma, vários ou todos.

Um dos objetivos é eliminar de conciliação de dados. Mais transparência e redução do tempo de liquidação financeira também serão consequências aqui.

E quais são os impactos do blockchain na contabilidade?

O futuro não tolerará profissionais apenas escriturários, informantes, porque os computadores estão suprindo esta função. prof. Lopes de Sá – outubro de 2004.

Para as empresas de contabilidade, ao invés de manterem os registros da transação, de gerenciamento privado ou de livros contábeis em seus bancos de dados, de forma separada, eles são registrados simultaneamente em um livro compartilhado – e em tempo real.

Devido a esta capacidade, o blockchain está pronto para atualizar os métodos tradicionais de faturamento, documentação, contratos e processamento de pagamentos para empresas e grandes e pequenas indústrias. Veja três dos principais impactos trazidos pelo blockchain no setor de contabilidade:

#1 Os registros contábeis não são alteráveis

Um blockchain é um livro de contas distribuído e descentralizado que permite que a informação seja vista, mas não copiada, alterada ou excluída. O blockchain armazena registros em grupos chamados de blocos. Cada bloco é marcado com horário e vinculado ao bloco anterior.

Todas as transações são criptografadas, os participantes envolvidos são identificados por uma série de caracteres e, após um período, todas essas transações se tornam parte do bloco.

#2 O blockchain, na , reduz consideravelmente o potencial de erros

Como as informações não podem ser alteradas e são transparentes para que não haja falsificação ou manipulação, o blockchain torna os contábeis mais fáceis e confiáveis, além de reduzir a possibilidade de erro, também na auditoria. Sem contar que isso permite o gerenciamento mais fácil de segurança já que é fornecida pela criptografia blockchain.

No contas a pagar ou contas a receber, por exemplo, se os participantes de uma determinada transação forem identificados, a data e hora da transação será verificada, e os dados associados serão protegidos.

#3 A contabilidade será em tempo real: o seu débito é o meu crédito (e vice-versa)!

Além de serem permanentes, as informações contidas no blockchain são atualizadas em tempo real e visíveis publicamente. Os usuários podem verificar e auditar transações sem necessidade de um terceiro – automatizando até mesmo partes do processo de auditoria.

Você lembra como era a escrituração de documentos fiscais antes da nota eletrônica? O trabalho era gigante! Ou digitávamos os documentos ou importávamos arquivos em diversos formatos dos sistemas de (e muitas vezes os dados estavam errados ou incompletos, não é?). Com a NF-e, os sistemas fiscais que você usa no seu escritório de contabilidade passaram a importar tanto as notas de entrada quanto as de saída, certo?

Pois imagine o seu sistema (não só o fiscal, mas também o contábil) buscando TODAS as transações financeiras e comerciais das empresas por meio deste novo protocolo (o blockchain). Entendeu agora o tamanho do impacto desta tecnologia?

Embora a ainda não sinta o impacto do blockchain, é necessário que as empresas estejam atentas para ajustar suas estratégias de negócio de acordo com esta tecnologia. Afinal, já é fato que a tecnologia está impactando fortemente o setor da contabilidade. E, por isso, o 2.0 precisa ser um líder inovador, que capte as tendências de mercado e se prepare para se adequar a elas.

Lembre-se de olhar para o blockchain, assim como outras , como oportunidade. Esta postura vai definir como a sua empresa vai reagir à medida que essa tecnologia continue a crescer e a impactar ainda mais os negócios.

Qual sua opinião sobre isso?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.