9 razões para recrutar um analista de negócios na sua empresa de serviços contábeis

por L. Gary Boomer*, traduzido e adaptado por Roberto Dias Duarte

Gary Boomer, CPA
Gary Boomer, CPA

A de hoje é mais diversificada e se concentra em habilidades além da contabilidade para fornecer aos clientes os serviços que eles precisam e desejam.

Embora a contabilidade sempre tenha se concentrado em transações, conformidade e relatórios, as empresas contábeis estão aprendendo a importância dos analistas de negócios responsáveis ​​por preencher a lacuna entre TI e dados para avaliar , determinar requisitos e fornecer recomendações e relatórios orientados a dados para líderes e tomadores de decisão.

Preencher esta lacuna foi certamente um dos principais motivadores do American Institute of CPAs para a criação da credencial de Certified IT Professional há mais de uma década.

Equipes colaborativas multidisciplinares

O CPA (Certified Public Accountant – em vários países profissionais da contabilidade certificados têm esta denominação) como um consultor de negócios confiável está bem posicionado para fornecer esses serviços, desde que eles tenham as habilidades técnicas e de informática adequadas.

Os analistas de negócios precisam saber como acessar, organizar e relatar tendências de dados que são importantes para o gerenciamento e a liderança. Isso não exige necessariamente habilidades de programação, mas sim um entendimento de como sistemas, produtos e ferramentas funcionam. Muitos analistas têm uma sólida em TI, com menos em negócios.

A colaboração e a entrega da equipe resultam em serviços de valor mais alto.

Alguns podem chamar isso de modelo híbrido, mas eu prefiro me entender o baseados em equipes colaborativas com habilidades únicas. Pessoas focadas em suas habilidades têm níveis mais elevados de desempenho e entregam maior valor ao cliente. Além disso sofrem menor (de)pressão profissional – no mundo atual, convenhamos, dominar dezenas ou centenas de técnicas com profundidade não é algo simples.

% das 100 maiores empresas contábeis americanas que tiveram expansão em serviços de TI
% das 100 maiores empresas contábeis americanas que tiveram expansão em serviços de TI

Principais responsabilidades de um analista de negócios.

1. Mudar a das empresas

Consultoria é responsável por influenciar mudanças positivas, mas não tem necessariamente o poder de tomar a decisão de mudar.

A análise de negócios é uma consultoria e não uma função consultiva. Com isso, quero dizer que a consultoria é responsável por influenciar mudanças positivas, mas não tem necessariamente o poder de tomar a decisão de mudar. É onde a análise de dados, organização e relatórios, e habilidades de influência convergem. Um consultor deve ter habilidades técnicas, interpessoais e de consultoria para promover mudanças positivas.

2. Definição de requisitos.

Os requisitos são determinados pelos dados e detalhes. Isso geralmente requer ferramentas e habilidades técnicas. Listas de verificação e proporcionam eficiência e eficácia. A capacidade de abordar o problema para uma empresa versus uma abordagem departamental  é desejada.

3. O que os sistemas precisam fazer?

O analista de sistemas não precisa apenas conhecer os sistemas existentes, mas também deve saber o que é atualmente possível e se tornará possível em um futuro próximo. Os sistemas estão se tornando mais robustos por meio das integrações e das APIs. Aprendizado de máquina e IA ()  estão melhorando a precisão e a confiabilidade. Assim, a antecipação é uma habilidade valiosa.

4. Como eles fazem isso?

É aqui que o fluxo de trabalho e a melhoria do processo Lean Six Sigma entram em ação. Os atuais agregam valor e podem ser automatizados para eficiência e eficácia? Fluxo de trabalho e enxutos são essenciais. Os podem afetar a eficácia da e a pode afetar a eficiência dos .

O Six Sigma (ou seis sigma) é uma de gerenciamento de negócios originalmente desenvolvida pela Motorola, USA em 1981. Esta metodologia é aplicada em muitas áreas da indústria. O Six Sigma busca melhorar a qualidade dos outputs dos através da identificação e da remoção da causa destes defeitos (erros) e promover a redução da variabilidade na manufatura e nos . Esta metodologia utiliza-se de uma variedade de métodos, incluindo métodos estatísticos, e cria uma estrutura especial de organização de pessoas dentro da empresa (“Black Belts”, “Green Belts”, etc.) que são os especialistas nestes métodos.  Fonte: https://leanconstruction.wordpress.com/2010/03/15/o-que-e-lean-six-sigma/

5. De quem você precisa de envolvimento?

Os principais interessados, incluindo clientes, devem estar envolvidos no processo para garantir que o valor seja adicionado e que os requisitos sejam atendidos. Muitas vezes nos referimos a isso como tomada de decisão de “mesma página”.

6. Priorização de projetos.

O retorno sobre o investimento é apenas um dos muitos critérios avaliados durante o processo de priorização. Em certos casos, os projetos devem ser sequenciais, enquanto outros podem ser conduzidos de forma paralela. Limitações de recursos freqüentemente ditam a linha do tempo. Você pode reduzir o cronograma com projetos bem planejados e alavancar seu pessoal em equipes colaborativas.

7. Facilitação – construção de consenso.

Todas as organizações têm política, mas parte do papel do analista de negócios é criar conscientização e criar consenso entre as partes interessadas (stakeholders). Isso geralmente envolve líderes departamentais, que estão acostumados a trabalhar em “feudos”, reunindo-se para o benefício de toda a organização. Um facilitador externo experiente geralmente tem uma vantagem sobre os recursos internos.

8. Influenciar liderança e .

A liderança e o gerenciamento organizacional geralmente precisam de uma parte externa para ajudar no processo. Isso normalmente reduz significativamente o tempo, além de educar as partes interessadas.

9. Lidando com sistemas legados.

A maioria das organizações possui sistemas e usuários legados. Portanto, comunicação e educação são fundamentais para o .

Habilidades mais importantes

Como você pode ver nas responsabilidades acima, o analista de negócios deve possuir um conjunto diversificado de habilidades e ser capaz de trabalhar bem em um ambiente colaborativo. Trabalhar em um ambiente de equipe expandirá e desenvolverá as habilidades mais rapidamente.

Aqui está uma lista rápida de algumas das habilidades mais importantes:

  • Comunicações orais e escritas;
  • Habilidades de consultoria interpessoal;
  • Habilidades de facilitação;
  • Pensamento analítico e resolução de problemas;
  • Detalhado e preciso;
  • Habilidades organizacionais;
  • Conhecimento da estrutura de negócios;
  • nálise das partes interessadas;
  • Engenharia de requisitos;
  • Análise de custo-benefício;
  • Modelagem de processos; e,
  • Entendendo redes, bancos de dados e
  • Compreender redes, bancos de dados e .

Os analistas de negócios geralmente contam com um conjunto de ferramentas contendo todos os produtos MS Office (Excel, PowerPoint, Word e Access), além de ferramentas como SQL, Google Analytics, MS Power BI e Tableau. Essas ferramentas ajudam o analista a coletar e classificar dados, criar gráficos e criar relatórios compreensíveis para o gerenciamento.

À medida que os dados se tornam mais importantes para uma organização, o mesmo acontece com o analista de negócios. Uma das maiores mudanças é o foco em dados que não dados financeiros que possibilitam a avaliação completa do seu .

A automação está afetando todas as áreas de uma empresa, não apenas os relatórios financeiros e a entrega de produtos / serviços. A do cliente, o desenvolvimento de talentos, as operações, a conformidade, o e as estão sendo automatizados para as empresas competirem e permanecerem lucrativas e relevantes.

Como recrutar um analista de negócios?

Onde as empresas procuram talentos hoje para as posições de análise de neócigos? Muitos vão além dos graduados em contabilidade para aqueles com graduação em tecnologia e / ou análise de dados. Existem também aceleradores educacionais e programas de disponíveis. A função de analista de negócios exige uma combinação de habilidades de TI e de negócios.

O é determinado pela capacidade de entender não apenas os dados, mas também seu impacto nos negócios.

Os salários dos analistas são comparáveis ​​aos graduados em contabilidade, mas estão rapidamente se tornando mais valiosos no mercado. Essa é uma área em que os CPAs que buscam ir além da conformidade legal podem ganhar instrução e experiência para avançar em suas carreiras.

A empresa de serviços contábeis deve contratar ou desenvolver analistas de negócios para garantir o sucesso contínuo e permanecer relevante em suas ofertas de serviços.

Originalmente publicado em: https://www.accountingtoday.com/opinion/boomers-blueprint-business-analytics-new-skills-new-services

*L. Gary Boomer is the visionary and strategist at Boomer Consulting Inc.

Qual sua opinião sobre isso?

3 thoughts on “9 razões para recrutar um analista de negócios na sua empresa de serviços contábeis”

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.