Aeros Contabilidade: prepara os clientes para a contabilidade digital

com a participação no Workshop Contador 2.0, Sérgio percebeu que precisava mudar a sua atitude com a equipe e desenvolver uma liderança estratégica.
Com a participação no 2.0, Sérgio percebeu que precisava mudar a sua atitude com a equipe e desenvolver uma liderança estratégica.

A Aeros Contabilidade nasceu no município de Embu-Guaçu, Região Metropolitana de São Paulo, com quase 70 mil habitantes. Quando em agosto de 2009, Robson Gomes e Sérgio Silva decidiram criar o escritório de contabilidade, tiveram como primeiros clientes amigos e conhecidos.

Um amigo aqui do município que tinha uma empresa de cestas básicas, hoje é um mini mercado. Ele trabalhava com um que estava já bastante desinteressado e aí surgiu a oportunidade e ofereci os nossos serviços”, recorda Sérgio.

Foi desse jeito informal e no boca a boca que a Aeros Contabilidade conseguiu crescer no mercado.

Hoje nós temos uma carteira de mais ou menos 480 clientes, mais umas 100 empresas de micro ”, afirma Sérgio.

Composta por nove funcionários e um estagiário, a empresa conta ainda com dois familiares que colaboram com a empresa mas sem vínculo contratual.

Os nossos colaboradores são profissionais bem preparados, com conhecimento técnico específico, prontos para atender à necessidade dos clientes”.

Mas com a participação no 2.0, Sérgio percebeu que precisava mudar a sua atitude com a equipe e desenvolver uma liderança estratégica.

É uma equipe capacitada mas na sua maioria são amigos, quando a gente tem esse elo acaba deixando as coisas um pouco mais frouxas”.

Essa no comportamento dos sócios do escritório foi uma das primeiras medidas colocadas em prática.

Contador 2.0: a importância da definição de visão, missão e valores

Sérgio e Robson trabalhavam numa quando decidiram criar a Aeros Contabilidade. Mas em muitos momentos, essa bagagem não foi suficiente para resolver alguns pontos fracos.

Deixar bem claras essas questões de visão, missão e valores, foi uma coisa que para nós acabou passando despercebido, não demos tanta importância”, assume o sócio.

Sérgio revela como a participação no foi importante até para resolver questões dos clientes com as quais a empresa não estava sabendo lidar.

Nós estamos com um número muito grande de inadimplência, e com no conseguimos algumas ideias de como atuar para ajudar os nossos clientes nesse sentido”.

A realidade (ainda) pouco digital da Aeros Contabilidade e dos seus clientes

A Aeros nasceu em 2009 e com ela surgiu o site da empresa. Os sócios estavam, e estão ainda hoje, cientes e atentos às muitas mudanças que o setor contábil atravessa. Mas contrariamente ao que acontece com muitos escritórios, a Aeros desacelerou um pouco o ritmo.

Nós criamos o site contábil em 2009 ou 2010, bem no início do escritório e viemos a fazer uma atualização do site até mesmo para a plataforma mobile há um ou dois anos”, conta Sérgio.

Com clientes maioritariamente dos setores do comércio e prestação de serviços, Sérgio assume que ainda faz muito presencial e que muitos clientes ainda preferem acesso ao documento impresso.

O escritório hoje atende sobretudo de forma presencial, ou nós vamos ao cliente ou ele vem aqui no escritório. Dentro do nosso município os clientes ainda optam pelo documento impresso, tendo maior fidelidade com a contabilidade tradicional. Eu vejo que isso é uma realidade em muitos lugares aqui na região”, assume.

Apesar do forte peso que a contabilidade tradicional ainda tem na sua região, Sérgio e Robson perceberam no Workshop Contador 2.0 que não tem mais como fugir da transformação digital.

A nossa ideia é fazer com que os nossos clientes passem a usar cada vez mais as ferramentas digitais ao serviço da contabilidade. Mas é complicado porque tem aquele que não tem acesso, tem outro que não quer e tem ainda aquele que não quer saber. Então vejo que seja mais fácil para nós fazermos esse processamento interno do que para o cliente, mas estamos tentando educá-lo nesse caminho”.

A digitalização nos negócios veio pra ficar. Por maior que seja a resistência do mercado e o desafio para o escritório, a adaptação é uma questão de tempo. Tenho falado no blog sobre no ao cliente, recentemente falei do modelo ICARE (Impressões, Conexões, Atitudes, Respostas, Extraordinários) abordado no livro  “A ” (The Experience, em inglês), dos autores Bruce Loeffler e Brian T. Church. Mas não canso de bater na tecla da para os . Não há que resista, se o apoio da !

Faça como a Aeros Contabilidade e saiba, o quanto antes, como estar no caminho da transformação digital no . O futuro é agora e o Workshop Contador 2.0 pode ajudá-lo!

 

Qual sua opinião sobre isso?