Inovação na contabilidade: quais os impactos da transformação digital?

por Roberto Dias Duarte

A crescente conectividade impulsiona a digitalização dos negócios, que vem mudando a forma de atuação no mercado em vários setores, incluindo o contábil. Saiba como se adaptar à inovação na contabilidade.

A crescente conectividade impulsiona a digitalização dos negócios, que vem mudando a forma de atuação no mercado em vários setores, incluindo o contábil. Saiba como se adaptar à na contabilidade.

A transformação digital já é bem conhecida pelos empreendedores. A crescente conectividade alterou as configurações do mercado e, agora, para permanecer competitiva, uma organização não só deve ajustar-se às novas exigências de automação dos processos e modelos de negócio, mas também experimentar novas estratégias.

Isso significa que a inovação no escritório contábil ou em qualquer outra organização depende de afastar-se de processos antigos em favor de novas práticas. Essa atitude é essencial para obter sucesso e manter a competitividade no mercado!

Em termos gerais, esse processo de transformação digital pode ser definido como a integração estratégica da tecnologia em todas as áreas de uma empresa. Isso resulta em mudanças fundamentais na forma como as organizações operam e de que forma o valor do serviço é oferecido aos clientes. Além disso, ela também requer mais do que apenas implementar a mais recente solução de infraestrutura ou sistema, é preciso uma mudança de mentalidade completa no perfil da empresa e na forma de atuação.

Transformação digital é uma nova abordagem onde a T.I.C. desempenha papel chave na transformação da , estrutura, cultura e processos de uma empresa utilizando o alcance e o poder da internet.

Transformação digital em toda cadeia de valor dos escritórios de contabilidade

E não são apenas os escritórios de contabilidade que estão precisando se adaptar a essas transformações, outros setores também.

Dentro da indústria de produtos de consumo, por exemplo, a tecnológica se tornou essencial para visibilidade em tempo real da cadeia de suprimentos. Sem essa opção, o da produção seria realizado sem as informações necessárias para ser eficiente. Dessa forma, grandes varejistas ficariam impossibilitados de mapear o comportamento de consumo de forma rápida, sendo incapazes de direcionar fabricação, compras e distribuição. Complicado, não é mesmo?

Apesar de não parecer, a própria área de TI () está precisando se reinventar, transformando-se na chamada TI Bimodal, que representa a aproximação da TI e do CIO (Chief Information Officer) das áreas de negócios. Essa necessidade de mudança vem tirando os profissionais de TI da zona de conforto para novas adaptações ao mercado. Com a TI Bimodal, as áreas precisam administrar suas responsabilidades tradicionais, como estabilidade das operações de infraestrutura e sistemas. E além disso, buscar conhecimento de negócio do segmento em que atua, como foco na evolução das aplicações para gerar vantagem competitiva no mercado.

De acordo com Peter Sondergaard, vice-presidente sênior e líder global de pesquisa do Gartner, é previsto que 75% das organizações de TI sejam bimodais de alguma forma até o final de 2017.

Levando em consideração essas transformações, o CMO (Chief Officer),  também tem um papel diferente agora, e precisa estar mais próximo das áreas de negócio. Espera-se desses profissionais um perfil inclinado às novidades digitais, além de contato direto com tecnologia. Ao passo que a digitalização dos negócios traz insumos para analisar o mercado, comportamento de consumidores e assim contribuir diretamente com a geração de novos negócios.

Impactos da Transformação digital:

  • Transformação da do Cliente: entendendo o cliente,  engajando o cliente, oferecendo novas formas de contado com o cliente;
  • Transformação dos Processos Operacionais:digitalizando processos, capacitando colaboradores, gerenciando performance;
  • Transformação dos Modelos de Negócios: criando modelos de Negócios Digitais globalizando negócios em meio digital

Esses são alguns exemplos dos impactos da digitalização dos negócios. E embora a transformação digital varie amplamente com base nos desafios e demandas específicas das organizações, existem temas comuns que todos os líderes de empresas devem considerar quando iniciam a transformação digital e a .

Por meio de novos investimentos em tecnologias e modelos de negócios, espera-se melhorar o engajamento dos clientes digitais em todos os pontos de contato no ciclo de vida de sua .

Entendemos que Transformação Digital é o uso da tecnologia para aumentar de forma significativa a performance e o alcance das empresas por meio da mudança como os negócios são feitos.

Considerando que todos os setores estão se adaptando, porque a contabilidade ficaria de fora?

Não ficaria, o que implica dizer que, para que seu escritório se mantenha competitivo, a questão não é se, mas quando você vai se adaptar às novas tendências da contabilidade.

Mais do que nunca, as empresas, em especial, os , precisam ter tipos de perfis para iniciativas que provém da . Além, é claro, de buscar métodos de sustentação das operações, gerando inovação para impulsionar o negócio.

Sendo assim, os empresários contábeis que desejam mudar o perfil e a forma de atuar no mercado, devem procurar esses temas compartilhados ao desenvolverem sua própria estratégia de transformação digital  e, também, ao aplicar a inovação na contabilidade. A verdade é que a digital já não é mais uma opção para a liderança corporativa. Cada setor do mercado é obrigado a alavancar a tecnologia digital como um meio de se comunicar e interagir com seus clientes, criar novas cadeias de fornecimento para entregar produtos e serviços e aproveitar dados e informações sobre eles.

Um pré-requisito importante nesse cenário é a capacidade de entender e trabalhar bem com a tecnologia. As formas tradicionais de fazer negócios estão mudando constantemente por causa do digital, e os líderes precisam ser bem informados e flexíveis o suficiente para superar desafios e aproveitar as oportunidades digitais.

Isso implica dizer que você, que quer se posicionar como 2.0, precisa atentar a alguns pontos cruciais:

  • Eficiência operacional;
  • Segmentação de mercado;

Quando você foi , ninguém disse que seria fácil não é mesmo? A adaptabilidade é essencial em toda essa transformação. Muitos dos papéis funcionais que emergem das transformações digitais de hoje não foram totalmente definidos e continuarão a mudar à medida que as melhores práticas se desenvolvam. O sucesso de um depende da inovação na contabilidade – ou então, por mais duro que possa parecer, sua empresa pode estar indo em direção ao fracasso.

Vou ajudar você a dar um primeiro passo nessa direção: primeiro assista este vídeo. Nele eu falo um pouco mais sobre como a transformação digital acelera o na contabilidade. Na sequência, que tal abraçar a inovação contábil, garantir um envolvimento eficaz do cliente, novas maneiras de pensar e se capacitar para tomar decisões baseadas em informações estratégicas, usando métodos consagrados no mercado? Confira como o Workshop Contador 2.0 pode contribuir para as transformações digitais e a inovação no seu !

 

Qual sua opinião sobre isso?

Author: Roberto Dias Duarte

Sou um empreendedor serial e alguém que ajuda outros empreendedores no processo de inovação.Participo do conselho de administração da empresa OmieExperience S.A. e da franqueadora NTW Contabilidade. Realizo treinamentos, mentorias e programas internacionais para inovação de escritórios de contabilidade.

Share This Post On

Submit a Comment

Or
EnglishEspañol